slide-slick

domingo, 27 de agosto de 2017

Resenha: Um verão dentro do inverno - Nara Nalu (Chiado Editora)

 Era verão.  Tempo de sonhos e do despertar da natureza.  Um período onde tudo se renova.  A vida brota e os amores acontecem.  Era assim que deveria ter sido como em tantos outros verões.  Feito de dias longos e de noites curtas.  Feito de flores, de sonhos e sonhadores.  Este porém seria diferente.  Seria feito de dor.  O sol por mais quente que fosse não conseguiria diminuir o sofrimento que veio avançado pelas águas do Volga.


A autora Nara Nalú estreou na literatura com o livro Um verão dentro do inverno, publicado em janeiro de 2017 pela Chiado Editora.  O romance mostra como os sonhos e planos podem ser apagados diante de uma guerra cruel e, acima de tudo, como a esperança sempre pode germinar diante dos escombros da destruição.

Algumas histórias só se completam quando se encontram.

O ano era 1936.   Era um tempo de descobertas e de paixões.  Yvia se perguntava se algum dia sentiria algo tão forte como o amor intenso que a irmã Alenna dizia sentir quando se apaixonou.  Era uma época em que um  simples sorriso de Ives, seu irmão mais novo, de quem sempre cuidou desde o nascimento, era capaz de acabar com qualquer vestígio de tristeza.  Sentia alegria ao ver Dimitri, seu outro irmão, e Yuri, seu pai, trabalharem na pequena oficina de móveis no quintal ou ao ver a mãe absorvida pelas encomendas na velha máquina de costura.  Coisas simples assim sempre lhe pareceram suficientes na vida.

(...) existem dores que não podemos evitar. 

Tudo parecia seguir seu rumo, mas a jovem Yvia não poderia imaginar que aquele inverno seria o início de uma longa trajetória de tragédias e dores. Novos caminhos estavam sendo traçados pelo destino sempre implacável, novos encontros foram marcados, e sua história abria uma nova página com despedidas  e recomeços.  A guerra se aproximava ameaçando de forma cruel qualquer vestígio de felicidade.  Não havia nada que pudesse ser feito para impedir ou evitar a chegada daquele horror.

A guerra é algo brutal. (...)  Não há vitória na guerra.

O ano de 1941 foi o inicio do caos. O medo e a incerteza tomavam lugar da esperança.  A Batalha de Stalingrado foi uma grande operação militar onde os Alemães e seus aliados  invadiram a cidade de Stanlingrado contra as forças russas, entre julho de 1942 e fevereiro de 1943, durante a Segunda Guerra Mundial.  A ofensiva foi considerada a maior e mais sangrenta batalha da história, deixando mais de dois milhões de soldados e civis mortos ou feridos.

A vida acontece assim, de forma inesperada, e inexplicável.  Sem aviso prévio modifica a rota e traça novos caminhos.  Sem que se possa determinar o seu curso, outras vidas se cruzam formando novas histórias. 

Em sua maior parte, o enredo é ambientado na Rússia, na então cidade de Stalingrado.   Partes importantes também se desenvolvem nos Estados Unidos e Inglaterra.   Nara Nalú nos comove com um enredo forte e maravilhoso.  O destino, diante de uma guerra que endurece e embrutece as pessoas, move suas peças para criar novos laços e surpreender em seus desfechos.

Existem coisas que são impossíveis de esquecer.

Um verão dentro do inverno é um história de encontros e desencontros, de escolhas e superação. A autora fala de amor, paixões, amizade, perdas, erros e perdão.  Nos conta dramas pessoais com suas tragédias, mágoas e sofrimentos.   Um enredo forte e chocante que mostra os horrores de uma guerra que mutila e rouba os sonhos.  Uma violência que esfria os corações e separa as pessoas.  Com personagens bem construídos, facilmente nos apaixonamos por cada um, sofrendo com seus destinos.   Será que um amor poderia ser tão forte para nascer e resistir ao cenário violento e sangrento de uma guerra?

O tempo modifica as pessoas por dentro e por fora. 

O livro tem 330 páginas e folhas amareladas. O espaçamento e a fonte são de ótimo tamanho.  A autora fez um ótimo trabalho de pesquisa, criando um enredo fictício que se desenvolve tendo como pano de fundo fatos históricos reais que marcaram aqueles dias tristes.  A batalha de Stalingrado deixou suas marcas em cada uma das pessoas que conseguiram sobreviver, jamais apagando seus momentos de terror.  Indico o livro para quem gosta de histórias emocionantes com um fundo dramático.


(...) existem feridas profundas que nem mesmo o tempo consegue apagar.  
Nunca poderão ser esquecidas.



Um verão dentro do inverno
https://www.chiadoeditora.com/livraria/um-verao-dentro-do-invernoAutora: Nara Nalú
Editora Chiado
1ª Edição - Jan/2017
Páginas: 332
Dimensões:  21x14cm
ISBN:  9789895196753




Contatos da Autora:

https://www.facebook.com/NaraNalu11/

Onde Comprar:

20 comentários:

  1. Oie, tudo bom?
    Adorei a resenha! Essa autora sabe mesmo mexer com todas as emoções que existem dentro da gente, né? Parece ser uma trama muito boa de se acompanhar, e a capa é bem bonita! Dica anotada!

    ResponderExcluir
  2. Gosto de livros que têm como pano de fundo guerras, mas esse não me chamou atenção, apesar de você ter dito coisas positivas sobre ele, e ele ter personagens bem construídos. Talvez eu dê uma chance, mas no momento não.
    Valeu pela dica!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu adorei a sinopse e a resenha! Sempre fui muito intrigada pela temática, desde minhas aulas de história. E o fato de conseguirem criar uma obra tão concreta a partir de uma época tão trágica é algo simplesmente incrível, ao meu ver. No momento estou lendo uma história em quadrinhos chamada Maus, que também retrata a época da Segunda Guerra Mundial, escrita pelo filho de um dos sobreviventes e é incrivelmente comovente.
    Ótimo texto e agradeço pela dica de leitura!
    Beijos,
    As Meninas Que Leem Livros~

    ResponderExcluir
  4. Oie!

    Em um primeiro momento não senti interesse em realizar a leitura dessa obra, mas apos a sua resenha e de saber que a história se ambienta na Russia, com certeza vou querer conferir essa obra de perto, ainda mais que não conheço a autora, espero gostar!



    Bjss, vem participar do nosso sorteio serão três ganhadores, valendo um livro Fuck Love, um livro surpresa + um kit de mimos não perca a oportunidade! http://resenhasteen.blogspot.com.br/2017/08/sorteio-do-desapego-3-ganhadores.html

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Vou te contar que não tenho grandes interesses nas obras que se passam em períodos de guerra, então não senti interesse neste livro.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  6. Achei o enredo bem original e já quero conhecer a história porque ainda não conhecia a obra e nem a autora.
    Adorei a dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá amore,

    Não conhecia o livro até o momento.
    Parece se tratar de um livro bem intenso, sonhos apagados parece ser algo tão atual né... e olha que nem em guerra estamos vivendo.
    Vou anotar a dica por aqui já!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia nem a obra e nem a escritora. Mas essa é o tipo de obra que com certeza eu leria, ainda mais para curar ressaca literária. Curti sua resenha. E achei linda a capa da obra. Vou considerar adquirir esse livro. Bexitus!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela resenha, ficou ótima. Acho bem interessante livros que trazem fatos históricos, pois sempre abordam assuntos que muitas das vezes não conhecemos a fundo.

    Ainda não conhecia a autora e nem a obra. Curti bastante a capa do livro. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ola!Tudo bem?
    Adoro livros que se passam em épocas de guerras e que tem um fundo dramático.E ainda passa muito mais sobre amor,amizade e tal.
    Adorei conhecer o livro,nunca tinha visto sobre.
    Irei procurar mais.Faz muito meu estilo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Ainda não conhecia a obra, mas, pelos seus comentários tenho certeza que irei amar a leitura! Achei a premissa extremamente a leitura e já anotei sua dica.
    Bjo

    ResponderExcluir
  12. Hey, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse livro, mas que premissa interessante. O livro parece ser completo em todos os sentidos possíveis e gostei muito disso. Adoro obras que abordam paixão, amor e amizade e achei esse livro super completo.
    Dica anotada!
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  13. oie, adorei esse enredo, nunca tinha ouvido falar nele. Gosto de histórias que se passem na guerra, e quando é bem pesquisado é ainda melhor. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Essa é a primeira resenha que leio sobre o livro e digo que foi uma bela apresentação, gostei bastante da sua resenha e da forma como me convenceu que essa pode ser uma ótima leitura.

    Anotei a dica e assim que tiver um tempo vou procurar por ele com certeza.

    Beijos e Sucesso!!

    ResponderExcluir
  15. Oi.

    Esta é a primeira vez que vejo este livro. A narrativa dele tem tudo o que gosto em um livro. E sua opinião sobre ele despertou meu interesse na obra. Vou procurar por ele no Skoob e tentar ler assim que surgir uma oportunidade. Espero muito gostar da leitura dele.

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia a autora ou sua obra...

    Gosto de livros que retratam as guerras ocorridas em nosso mundo, nos ensinam a não fazer de novo. Acredito que nunca li nenhum sobre a Batalha de Stalingrado e esse parece ser um ótimo para descobrir algo sobre, uma vez que, pelo que você disse, ela fez um ótimo trabalho pesquisando essa época.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas confesso que fiquei curiosa por se tratar de uma trama com fundo histórico. Me pareceu uma leitura mais densa por conta do contexto mesmo assim acho que o livro me agradaria.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  18. Resenha Fascinante! Nem li ainda o livro e minha imaginação e sentimentos fluíram.De fato entrei na história!
    Já imagino que será uma leitura que me prenderá a cada capítulo.

    Obrigada Fábio Turetta pela indicação do blog.Primeira resenha de muitas que lerei,parabéns Evandro!

    Beijos,

    Liddy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Lidiane, pelo carinho. Seja muito bem vinda.

      Excluir
  19. Olá,

    Me parece ser uma história e tanto, do tipo que toca bastante o leitor e o faz pensar nas coisas que importam de verdade. Desconhecia essa obra, e agora mal posso esperar para lê-la e saber se irei gostar tanto quando você gostou. Livros com boas pesquisas sempre me agradam.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.