slide-slick

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Resenha: Se o vento diz - José Fernando Guedes (Imprimatur)


Se o vento diz, de José Fernando Guedes, publicado pela Editora 7 letras em seu selo Imprimatur,  é um daqueles livros que, certamente, ganham um espaço especial na estante, e já está em sua 2ª Edição.   A poesia possui a magia de nos transportar por suas palavras e versos, sons e encantos.  Desperta emoções adormecidas ou nos apresenta novas sensações e, muitas vezes, encontramos o êxtase em suas rimas.

(...) Às vezes para se fazer entender
Há que se calar, (...)
(trecho de Quando tu - p.13)

Poetas são pessoas iluminadas que, de um jeito simples, dão forma aos sentimentos.    José Fernando Guedes é neurocirugião e professor de neurocirurgia (Unirio).  Se o vento diz é seu primeiro livro de poesias.  Diante de sua obra, percebemos a facilidade com que o poeta transpassa o olhar técnico exigido pela profissão e enxerga a beleza existente em momentos comuns que para muitos passariam despercebidos.

"(...) Ao me deixar meu coração,
Fiquei só.
Fiquei só numa rua desconhecida
Que cruza o mundo  circular
Chamado adeus. 
(trecho de  Meu Coração - p.15)


Suas poesias são repletas de simbolismo, como os pássaros que enfeitam diversos de seus poemas.  Muitos refletem suas lembranças, seus amores, momentos alegres ou tristes. Outras ainda retratam conflitos modernos e até mesmo falam de reencarnação.

Anúncio de Elevador

Procura-se uma calopsita.
Ela tem penugem cinza e bochechas vermelhas.
É muito dócil e assobia o hino do Vasco.
Quem tiver alguma informação, por favor
Avisar na portaria.
Uma criança chora dia e noite de saudade.
(p.21)


Difícil escolher entre a nostalgia contida em Tanque (p.16) que é de uma beleza ímpar, a simplicidade contida em Anúncio no Elevador (p.21), o aconchego de Cão Aninhado (p.29), ou ainda, a sensibilidade e delicadeza ao descrever a morte em Quarto de Hospital (p.49).  E muitos outros momentos que para mim, se tornaram especiais.

"(...) Poderíamos colher  a certeza, como se colhem frutas maduras de uma árvore.  (...)
(trecho de No Jardim - p. 28)



 A edição está simplesmente perfeita.  Bela e encantadora em sua simplicidade.  Páginas amareladas, letras confortáveis e um turbilhão de emoções nas 50 poesias que ganham vida nas 68 páginas do livro que pode ser considerado um presente carinhoso ao leitor.   Acredito que seja um trabalho que agrade tanto aos amantes de boa poesia, quanto àqueles que ainda não se aventuram no gênero.  Boa leitura!




http://oasyscultural.com.br/

Se o vento diz
Autor; José Fernando Guedes
Editora 7 letras (selo Imprimatur)
Gênero:  Poesia
Páginas:  68
http://www.7letras.com.br/se-o-vento-diz-2-edic-o.html2ª Edição (2016)
Formato:  14/21
ISBN:  978-85-6043-948-5



Onde Comprar 

* Livro cedido pela Oasys Cultural

40 comentários:

  1. Acho lindo livros de poesias, fiquei encantada com o livro o autor consegue penetrar as emoções nos versos muito bem. As poesias nos trás as vezes reflexões para a nossa vida, adorei a sua indicação não conhecia o livro do José Fernando Guedes abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Lucimar. É um livro encantador. Poesia faz a vida mais suave.

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem o autor,
    mas pela resenha parece ser bom!

    Já estou SEGUINDO teu blog!
    Convido você e todas as suas leitoras e leitores para conhecerem meu cantinho,
    e se gostarem seguirem, retribuo a todos ^_^
    Desvendando Segredos | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Talyta. Obrigado por seguir. Também já estou seguindo o seu.

      Excluir
  3. Oi,
    Eu adoro poesias.
    Principalmente aquelas que quando você termina de ler, para e fica pensando, absorvendo o que acabou de ler. E quanto mais você pensa, mais você o entende a poesia.
    Gostei muito da sua resenha.
    Abrçs

    ResponderExcluir
  4. Amo poesias, ainda mais lê-las em folhas amareladas que não cansam as vistas! A primeira frase da postagem (...) Às vezes para se fazer entender
    Há que se calar, (...), nunca esteve tão atual na minha vida, como no dia de hoje!

    ResponderExcluir
  5. Evandro!
    Adoro livros de poesias e gostaria muito de ler esse livro.
    Recebi um outro da Oasys Cultural, belo trabalho eles fazer.
    Desejo uma ótima semana!
    “Conhecer os outros é sabedoria. Conhecer-se a si próprio é sabedoria superior.” (Lao-Tsé)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Olá Evandro!Poesia agente ler com a alma,e com certeza este livro é maravilhoso,parabéns ao autor José Fernando Guedes!sucesso.Bjs

    ResponderExcluir
  7. Sou tão apaixonada por livros de poesias. Amante mesmo! Fiquei boba, pois esse livro parece ser um achado de sentidos e sentimentos. Eu adorei os pássaros e as metáforas que eles podem trazer. A capa é singela e tão linda. Realmente fiquei curiosa sobre esse livro e morrendo de vontade de fazer sua leitura num dia de sol, deitada na rede. Vou comprar. Parabéns por propagar talentos, encantada com o post e a resenha! Muito obrigada

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem? Não conhecia esse livro mais amei os trechos que li no seu post, parabéns
    blog encrespa

    ResponderExcluir
  9. Olá tudo bem?
    Não leio muitas poesisa, mas amei sua resenha, sensacional. Amei a sua indicação . Não conheço os livros do José Fernando Guedes.
    Um super beijo e até mais ;)

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde, como vai?
    Gostei bastante da sua resenha, pois confesso queu nao sou muito de ler livros de poesia, porem achei bem interessante a sua resenha bem como a história do livro. beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá! Não conhecia esse livro. Mas, é uma bela dica de leitura.
    Eu já anotei aqui, em breve vou tentar ler.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Evandro. Tudo bem?
    Adorei conhecer mais sobre o livro de poesia do José Fernando Guedes. Fiquei super animado para ler a obra quando tiver um tempo. Gostei muito dos trechos compartilhado na resenha. Como sempre, muito boa a sua resenha.
    Abraço!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Confesso que não sou muito de ler poesias mas capa e as páginas são maravilhosas e com sua resenha, mesmo sem ser muito fã, deu vontade de conhecer o trabalho deste poeta...obrigada pela indicação

    ResponderExcluir
  14. Oi Evandro, tudo bem?

    Eu sou completamente apaixonada por poesias, vivo arriscando a leitura no gênero e nunca me arrependo, pois sempre me é apresentado algo novo e tocante. Eu adorei saber que o autor fez um bom uso dos seus sentimentos externalizando. Gosto de ler e sentir o que o autor sentiu ao escrever e acho que conseguiria isto com esse livro. Dica mais do que anotada!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Ai que linda poesia amado! amo poesia, não conhecia o livro e nem o autor,mais ameiiiiiiii, parabéns pela resenha e pela postagem linda! adorei sua dica! beijinhosssssssss

    ResponderExcluir
  16. Gostei de poesias e até arrisco fazer uns textos poéticos, não para divulgar, mas acredito que é uma das formas de conversar comigo mesmo e a resenha desse livro que você fez, despertou o interesse em que ler, pois parece ser muito cativando esse livro

    Abraços
    Rafael

    ResponderExcluir
  17. Poesias são delicadas, sutis mas tocam a alma!
    Adoro!
    O livro parece ser ótimo.

    ResponderExcluir
  18. Ual , realmente são lindas as poesias♡
    Despertou muito meu interesse de ler o livro por inteiro. Parabéns o post está incrível, muito bom poder conhecer obras de escritores assim que escrevem com o coração.

    ResponderExcluir
  19. Adoro poesias e pelo que li na sua resenha, deve ser maravilhoso! adorei o trecho: "(...) Ao me deixar meu coração,
    Fiquei só.
    Fiquei só numa rua desconhecida
    Que cruza o mundo circular
    Chamado adeus.
    (trecho de Meu Coração - p.15)

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Oiê!
    Gosto de poesia, mas não sou muito boa com elas (rs) faço mais crônicas. Gostei muito deste, principalmente onde cita: "Às vezes para se fazer entender Há que se calar[...]" estou tendo uma semana complicada e me identifiquei com essa parte. Poesia é muito interessante, é atemporal e muitas vezes uma simples estrofe emociona ao mesmo tempo que noutra não nos remete a nada.
    Um beijo.


    Blog www.natimusbeauty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Olá Evandro! Td bem? Lendo seu post me peguei lembrando qual foi o último livro de poesia que eu já li,e olha.. acho que faz muito tempo hehe
    Sou mais fã dos livros de romance mas preciso abrir mais a minha mente para coisas diferentes...achei sua resenha do livro excelente, parabéns.

    ResponderExcluir
  22. Olá,boa noite!
    José Fernandes Guedes é um escritor que eu ainda não conhecia,mas agora que passei a conhecer um pouco sobre sua poesia,adoraria ler "Se o vento diz",Amo poesia!Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Que livro lindo, os poemas são melhores ainda, gostei muito do ''Realidade''. Não conhecia o escritor, mas gostei!Nossa faz muito tempo que não pego em um livro de poesia, apesar de gostar muito :( XOXO, Kakau

    ResponderExcluir
  24. só pela capa eu já amei e como eu sou esse tipo de pessoa que julga um livro pela capa já comprei a mas acompanhado nessa sua resenha maravilhosa vou comprar mesmo até para dar de presente Amei o trabalho parece ser incrível Parabéns pela sua resenha despertou muito meu interesse

    ResponderExcluir
  25. "(...) Poderíamos colher a certeza, como se colhem frutas maduras de uma árvore. (...)

    Que bom que seria se assim fosse, mas ao invés, temos que nos agarrar muitas vezes à incerteza e aos frutos da nossa imaginação...
    Este é mesmo um daqueles livros para ter ao lado da cama, para ler naqueles momentos em que o sono teima em manter-se ao longe...
    Gosto muito do design da capa... :)

    ResponderExcluir
  26. Amo versos e poemas,viajo neles, e sinto tanta paz interior, essa obra me encantou muito, quero muito ler, sua resenha está ótima.

    ResponderExcluir
  27. lindos eu gosto demais de poemas versos nao conheço o autor mas gostei

    ResponderExcluir
  28. Que legal, eu não direi que não gosto de poesias, mas esse livro parece precioso. Se um dia eu me aventura nesse tipo de leitura, vou considerar este livro

    ResponderExcluir
  29. Que resenha adorei, bem como o livro apresentado. Admiro muito as pessoas que conseguem escrever poesias tão lindas, não tenho esse talento, mas adoro ler uma boa poesia. Amo o fato de o autor mostrar a emoção em momentos rotineiros e simples que passam despercebidos. Parabéns pela postagem.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  30. Sua resenha está excelente! Adorei o Anúncio de Elevador, a calopsita ainda é vascaína, perfeito rsrs. Mas sério, parece ser um ótimo livros de poemas para se ter na cabeceira.

    ResponderExcluir
  31. Sou completamente apaixonada pelo gênero <3 não fazia ideia da existência desse livro e já quero logo adquirir.
    Sua resenha ta simplesmente nota 1000.

    Beijinhos e sucesso!

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
  32. Olá.
    Não conhecia nem o autor nem sua obra, mas fiquei com muita vontade de começar a ler. Faz tempo que não leio um bom livro de poesia, e confesso que estou sentindo falta, haha.
    Amei os trechos que você deixou pelo post.

    Abraços
    http://www.mundoinvertido.com/

    ResponderExcluir
  33. Esse é o tipo de poesia que eu mais gosto, com um toque mais na realidade, claro que cada qual tem seu encanto. Não conhecia o autor, e preciso dizer que ele está de parabéns pela sua obra, gostei muito!
    Bjs (•‿•)

    ResponderExcluir
  34. ótima resenha,estou com dois livros aqui para ler,o tempo não ajuda mas vou conseguir.bjus.

    ResponderExcluir
  35. Eu sou apaixonada por poesia, meu estilo preferido de leitura depois de uma boa e velha Agatha Chistie rrsrsrs. Amo os clássicos, fernando pessoa e mario quintana.... :)

    ResponderExcluir
  36. Oi, Evandro!

    Quando eu era adolescente eu fiz muitas poesias, tinha um caderno cheio de versos, mas a gente acaba fazendo algumas besteiras pelo caminho da vida e eu me cansei de escrever versos, depois de tantas mudanças eu os perdi, ou deixei para trás... Eu passei muitos anos sem leitura e sem poesia, afastei-me dos versos que cantavam a vida dentro de mim e estou retornando às leituras há bem pouco tempo. Acredito que devo ler mais esse estilo de livro. No final das contas, sempre fica um pouco de poesia no coração, como "fica um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas"... Lindo post e linda poesia!
    Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  37. Oi Evandro.
    Eu também li esse livro e gostei bastante dos poemas. O poeta demonstra um domínio avançado da linguagem e da língua e faz verdadeiras maravilhas com ela e eu acho isso incrível.
    Também gostei dessa capa quase minimalista.
    Abraços.

    Blog Impressões de Maria

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.