slide-slick

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Resenha: Rezadeira - O Caso da família Cabral (Carlos Rodrigo)

Talvez o maior motivo que tenho para gostar de estórias de terror seja o simples fato de acreditar que muitas delas possam ser ou se tornar reais.  Sim, sim, caro leitor, sou daqueles que acreditam em fantasmas, duendes e bruxas.  Nesse conto não terá duendes nem bruxas, posso afirmar... O conto Rezadeira - O caso da família Cabral, do autor parceiro Carlos Rodrigo está disponível em formato digital na loja Amazon.   É um conto bem pequeno, mas tem o acréscimo de uma entrevista muito legal com o autor, totalizando 28 páginas.  

Se você, leitor curioso, não tem o costume de ouvir histórias de terror, talvez este seja o momento de parar a leitura, pois possui um embasamento real. Entretanto, se você não acredita no sobrenatural, então vá em frente, prossiga e quem sabe essa história mexa com você de alguma maneira. 

Em primeiro lugar, devo afirmar que o Carlos Rodrigo diz que o conto é baseado em fatos reais (e eu acredito).  Aliás, sempre acreditei que os lugares, casas e objetos carregam as energias dos que partiram (sim, refiro-me aos mortos) rs.  Imagine, mudar-se para uma casa onde algo terrível e sangrento aconteceu e, aos poucos, perceber que não está sozinho nesse lugar?

O sono de repente desapareceu e o suor passou a escorrer da pele, embora estivesse com frio.

Foi exatamente isso o que aconteceu à família Cabral.  Lúcia, Carlos e os filhos, João de 6 anos e as gêmeas Maria e Lua de 8 anos, mudaram-se para um sobrado, com traços de arquitetura barroca, na cidade de Crato, Ceará.  Mesmo quando descobriram, através da visita do padre local, os fatos terríveis e misteriosos acerca do lugar, resolveram ignorar, pois não acreditavam em assombrações.  Talvez isso tenha sido o grande erro...

Ela tinha olhos negros como a noite, decorados com cílios curtos, sobrancelhas falhadas e olheiras marcantes, tinha cabelos crespos puxados para trás em uma trança, manchas causadas pelo sol na pele branca, rugas e papada abaixo do queixo.  

Aos poucos, coisas estranhas começaram a acontecer e o que parecia um simples pesadelo, se tornou extremamente real.   Uma grande tragédia aconteceu naquele lugar, e agora pessoas inocentes terão que pagar o preço cobrado.  E algumas dívidas só se pagam com sangue...

“Três, dois, um... A um passo do inferno”
 
O desenho na parede, representando Baphomet, seria o indício da presença maligna naquele lugar.  Eu indico para os que gostam de contos de terror, afinal tem gente que não gosta de sentir medo.  O autor é direto, tem uma escrita fluída e seu enredo é bem estruturado, narrando passado, presente e, seguindo a velha fórmula dos filmes de terror, deixa uma abertura que nos instiga a ir além da última página para saber o que acontece em seguida.  Ah, vocês devem estar curiosos para saber onde a Rezadeira entra nisso tudo...  Isso só lendo para descobrir. rsrsr

Pode ter sido algo mais simples, como o desaparecimento de um pertence, o desligamento, sem comando, da TV, uma lâmpada que se apagou por conta própria, o inexplicável barulho quando estava sozinho...

Carlos Rodrigo não promete nada, mas deixa a possibilidade de futuramente escrever um livro aprofundando a estória, mostrando mais sobre o passado e os mistérios do velho sobrado.   Eu adorei ler o conto, o que fiz em questão de minutos, ainda bem que não foi durante a noite.  rsrsrs

Links do Autor:
https://www.facebook.com/ccarlosrodrigo/https://twitter.com/CCarlosRodrigo


Compre o conto Rezadeira - Amazon

37 comentários:

  1. Olá. Cada vez mais eu tenho ouvido falar em livros de terror, mas não me apetece a leitura. Talvez seja porque assim como você eu acredito que essas coisas são reais e ai meu medo fala mais alto kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs, Pois é, eu te entendo kkk Eu, até gosto de sentir um medinho rsrs

      Excluir
  2. Olá,
    Estou começando a gostar do gênero agora e pretendo em breve ler esse conto e vou buscar não fazê-lo a noite rsrs
    Parece ser bem assustador e espero que o Carlos amadureça essa ideia e aprofunde a obra!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Michele. Eu também torço muito para que o autor faça isso.

      Excluir
  3. Nossa, eu amo filmes de terror e suspense, mas nunca li um livro assim, acredita?? Ai, fiquei curioso demais, agoraaaa!
    Abraços e até breve!

    http://www.entreeles.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Luciano. Obrigado por passar por aqui. Eu também adoro filmes de terror (e claro, livros também).

      Excluir
  4. Oie!
    Eu não conhecia esse livro e achei a história bme diferente daquelas que estou acostumada a ler. Espero gostar desse livro, pois não é um tema que costumo ler, mas fiquei interessada.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carla. É uma estória curta, então vale à pena vc experimentar.

      Excluir
  5. Olá, eu já conheço o conto e tenho muita curiosidade em lê-lo, mas eu sou uma pessoa extremamente medrosa e não conseguiria ler, pelo menos não agora. Tenho tentado ler mais coisas do gênero mas achei esse bem pesado para uma pessoa como eu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs Beatriz, leia durante o dia, embarque nesse mundo de terror, rsrs

      Excluir
  6. Hello! Tudo bem?
    Não conhecia o livro Rezadeira e achei ate interessante a premissa.
    Eu morro de medo e evito demais filme e livros de terror, pq depois fico com medo ate do escuro hahaha.
    Mas sempre fico curiosa pra saber mais da historia.
    Otima resenha!
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia com as luzes acesas e embarque nesse conto rsrs

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Apesar de uma história permeada de suspense eu não curto muito terror, então com certeza não leria. Não por não acreditar em certas coisas, mas por não gostar mesmo.
    Um boa dica para quem gosta.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Leticia, obrigado pela visita. Eu sempre gostei de terror, não que não tenha medo, pelo contrário hehehe Acho que isso é o que mais me estimula.

      Excluir
  8. Oi, Evandro. Tudo bem?
    Simplesmente, adorei ler essa resenha. O terror é um dos meus gênero favorito. E saber que é baseado em fatos reais me deixou ainda mais interessado. Quero muito conhecer esse conto. Muito obrigado pela dica. Já anotei a dica. E vamos torcer para que no futuro o Carlos possa escrever um romance mais longo.
    Abraço!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Leandro. Também torço para que isso aconteça.

      Excluir
  9. Olá, Evandro!
    Lembrei das histórias contadas pelo meu pai. Eu tinha pesadelos, rsrsrsrs! Depois de adulta passei a gostar de histórias de terror. Quero ler esse conto para descobrir os mistérios desse sobrado. A família do meu marido morou numa casa mal assombrada, em Bento Gonçalves. Têm coisas de que não podemos duvidar!!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses sobrados sempre têm estórias para contar. Meu avô contava muitos casos assim tb. Obrigado pela visita.

      Excluir
  10. Olá, Evandro!
    Lembrei das histórias contadas pelo meu pai. Eu tinha pesadelos, rsrsrsrs! Depois de adulta passei a gostar de histórias de terror. Quero ler esse conto para descobrir os mistérios desse sobrado. A família do meu marido morou numa casa mal assombrada, em Bento Gonçalves. Têm coisas de que não podemos duvidar!!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Oii,

    Caramba, que história hein. Acho que ainda não li nada desse tipo e fiquei bem curiosa para saber como essa história vai se desenvolver. Com certeza vou na Amazon verificar.

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Evandro, tudo bem?
    Já escutei algumas histórias de casas antigas e todas verdadeiras. Fora que se fizermos uma pesquisa no google existem casos famosos que já viraram filme inclusive. Mas confesso que não quero sentir esse tipo de medo, não, risos.... Se fosse um terror mais leve, até poderia, mas essa imagem na parede, me fez correr, risos... Mas é uma ótima dica para os fãs do gênero. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente no google tem cada coisa que eu ficaria sem dormir uma semana. Quando dizem que é real então... qualquer barulho me assusta. rsrs Obrigado por participar.

      Excluir
  13. Fala isso não, essa coisa de que são reais hahaha. Brincadeira, é pq eu sou super medrosa e não leio nada de terror, nada!!!
    Essa dica de leitura eu passo rs.
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês estão muito medrosos heim hehehe Obrigado por comentar, indique aos amigos que gostam.

      Excluir
  14. Esse negócio de algumas dívidas só se pagam com sangue definitivamente não é pra mim... Não curto terror, sou dessas que não gosta de sentir medo, então não leria de jeito nenhum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ju. Obrigado por participar. hehe Realmente essa frase dá bastante medo rsrs Indique para os amigos que gostam.

      Excluir
  15. Olá,

    Adoro histórias de terror, então com certeza iria me divertir muito com essa obra. Adorei a capa, super dark e intrigante. Vou anotar a dica.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Ultimamente vi muita divulgação dessa obra e ela me chamou bastante a atenção, porque adoro terror e esse parece realmente nos deixar com medo, então pretendo muito em breve ler o livro.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina. É bem legal saber que os autores nacionais estão se dedicando ao gênero.

      Excluir
  17. Oi, Evandro!

    Desconhecia a obra, porém me interessei. Na verdade, nunca li um terror nacional, mas esse parece ser bom então com certeza a dica está anotada.
    Amei sua resenha, bem informativa e sem spoilers!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. spoilers nunca! rsrs É muito ruim aquele detalhe essencial ser entregue antes da leitura. Nada como o gosto da surpresa.

      Excluir
  18. Jesus!! O.O
    Eu sou uma pessoa muito medrosa e sem a menor sombra de dúvidas esse não é o meu estilo de livro e com certeza eu passo longe!
    Mas gostei bastante da sua resenha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsr Mayara, larga esse medo, menina. rsrs Indique para quem curte. Brigadão por participar.

      Excluir
  19. Oi. Acho que dessa vez eu vou passar a dica. Não tenho muita coragem de ler esse tipo de livro, sei que não vou conseguir dormir quando terminar. Por isso, é melhor deixar para a próxima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs Daniela, valeu por participar. Tem muito mais gente sem coragem de ler terror do que eu imaginava. rsrs Um medinho em ambiente controlado às vezes é bom. É como andar de montanha russa. rsrsr

      Excluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.