slide-slick

domingo, 4 de junho de 2017

Resenha: A Alquimia da Tempestade - D.G. Ducci (7 Letras)


Convido você a passear comigo pelos versos de D.G. Ducci, em seu livro A Alquimia da Tempestade e outros poemas, publicado pela Editora 7 Letras em 2016.   As poesias exploram momentos da vida do poeta que nos revela que seus versos não são obras de ficção.   Ele desnuda ideias e amores, expondo sem pudor cada fase de sua vida.  Da mesma forma que nos surpreende de forma intensa como as tempestades, em outras, se apresenta suave como a brisa.  É assim que nos sentimos ao ler a obra de Ducci, um turbilhão de sentimentos a cada palavra.

"Ao mundo eu revelo pelos olhos
de estranho e encantador olhar poeta."
(Trecho de Arquitetura)
Clique na foto para ler a poesia O Corpo:

O excelente texto de apresentação, escrito por Gabriel Cappanori, nos ajuda a entender um pouco a forma como Ducci moldou milimetricamente cada uma das 69 poesias que dançam sobre as páginas de A Alquimia da Tempestade.  O poeta transita facilmente por estilos diversos, mostrando seu domínio em encantar com arte as palavras.  Encontramos características do Romantismo, do Arcadismo ou mesmo linhas mais soltas que buscam alcançar a alquimia perfeita.

"De que adianta essa atenção total
em cada verso, a métrica perfeita,
se minha dor é fúria incontrolável
na solidão que me atravessa o peito?
(...)"
(Trecho de Solilóquio)

O livro divide-se em 6 partes em suas 104 páginas: Os outros poemas, A Alquimia da Tempestade, A Brisa, O Vento, A Chuva e O Furacão.  Os versos carregam a intensidade das forças da natureza, aqui simbolizadas, demonstrando, em suas sutilezas ou intensidades, os anos vividos em cada fase da vida do poeta. 



"(...)
...solene que se espera de quem ama:
- sofrer a cada hora sem notícias,
querer de forma imensa e soberana,

saber que enamorar é ser bendito,
ser sábio e muitas vezes ser insano;
pra transformar o amado em próprio vício."
(Trecho de Agonia)

Clique na foto para ler a poesia Aos Bardos:

Percebemos em cada página a junção de elementos que constroem sua história e dão forma à sua vida.   Amor, paixão, protesto e erotismo são alguns dos ingredientes que se destacam.  O poeta, entre outras estruturas literárias, explora com frequência os sonetos.  Ducci mostra como lidar com as aventuras e desventuras da vida, transformando suas experiências de forma que resplandeçam como ouro em sua trajetória.

"(...)
Não me faça perguntas
que não desejei
pois fico cansado só de pensar
em tudo que fiz
mas deixei para trás.

Sou sempre assim
tão esforçado...
pronto, mas inacabado
como um tecido
de branco algodão.
(...)"
(Trecho de Tratado antropocêntrico de caráter nada acadêmico)

Clique na foto para ler a poesia Insegurança:

É preciso se envolver para compartilhar dos segredos do poeta e captar a alma presente em cada linha.  Nem sempre a essência é encontrada em uma primeira leitura.  Ducci nos presenteou com um trabalho cuidadoso e amadurecido e, sem dúvida alguma, muito bem elaborado.  É um livro para os apaixonados por poesias.

"D.G.Ducci É brasiliense.  Bibliotecário por formação, diplomata por profissão e escritor por vocação.  A Alquimia da Tempestade é seu primeiro livro.  Ducci foi Chefe do Setor Cultural da Embaixada do Brasil em Helsinque, posto que serviu de 2010 a 2013.  De volta à Brasília, atualmente trabalha no Departamento Cultural do Itamaraty.  É cofundador do blog "Razão de Aspecto", de críticas de cinema, e assina a coluna "O Livreiro", que trata de livros sobre livros, na Revista Eletrônica da Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal."




http://oasyscultural.com.br/A Alquimia da Tempestade e outros poemas
Autor: D.G. Ducci
Editora : 7 Letras
Gênero :  Poesia
Páginas : 104
http://www.7letras.com.br/se-o-vento-diz-2-edic-o.htmlEdição : 1ª (10/2016)
ISBN : 978-85-421-0457-8
Formato: 21/14



Onde Comprar 

* Livro cedido gentilmente pela Oasys Cultural

39 comentários:

  1. Adorei o poema O Corpo e o Bardo, me fez viajar e imaginar as cenas, principalmente em o Bardo. No trecho Agonia, ele conseguiu realmente traduzir como é o sentimento através das palavras. Não conhecia esse autor, nem o livro, creio que os demais textos sejam bem intensos. É um tipo de livro que eu leria sem dúvida.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. eu que sou apaixonada por poemas, já estou querendo esse livro e poder me afundar nesse tipo de texto gostoso de se ler e desfrutar desse genêro que amo tanto, amei como você descreve o livro. Sucesso ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu sou alguém realmente apaixonada por poesia, ainda mais dessas que precisamos duma segunda leitura, um envolvimento maior para entender melhor o poeta e o que ele está realmente transmitindo a nós. A Alquimia da Tempestade é recheado hein? Muito legal ver a qualidade de sua escrita e seu conhecimento com sua alternância entre estilos. Como boa amante de poesias, vou ler com certeza! Obrigada pelos links para minha compra!

    ResponderExcluir
  4. ola , tudo bem? lindo poema , que nos faz ler e reler sem cansar
    desvendando oque o poeta tenta nos trasmitir, é realmente um belo presenre que Ducci nos trouxe, com certeza irei ler a alquimia das tempestade. bjsss

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito de poesias, as poesias fazem a gente flutuar pela beleza das palavras. As poesias descrevem novas sensações, as poesias do autor D.G. Ducci são bem fortes e faz com que o leitor reflita nas palavras, gostei muito dos trechos que você selecionou, abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Gosto de poesia, ah quem não gosta de poesia? Os pequenos trechos me deixaram louca para ler o restante do livro. Eu adorei, parecem citações que personagens de livro e filmes que eu admiro muito diriam, só que em forma de poesia.
    ''Sou sempre assim
    tão esforçado...
    pronto, mas inacabado
    como um tecido
    de branco algodão.''
    Senti um paradoxo nesse verso, estou certa?

    ResponderExcluir
  7. Oi Evandro, amei estes poemas. Agonia é incrível. Ele escancara, mas com sutileza, é demais. E a forma que você resenhou o autor e a sua obra deixou-o ainda mais atraente. Parabéns! Vou dar uma passadinha na loja e garantir o meu. Obrigada pela dica. Bjos!

    ResponderExcluir
  8. ooi que livro bacana como nunca li rs a sua resenha ta super bem feita e deve ter poemas incriveis adorei oque você.
    desculpa a pergunta mais é muito caro ? vou olhar nas loja que voce citou rs

    ResponderExcluir
  9. Achei o nome desse livro tão intrigante, a alquimia da tempestade, que me peguei parada, meditando sobre isso. O título realmente me chamou muito a atenção e, no decorrer da resenha, quando mencionou que os versos carregam a intensidade das forças da natureza, percebe-se que foi uma obra completa em si, e não poemas soltos e postos em uma coletânea. Gostei demais da dica. Obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  10. Olá, como vai? Gostei bastante da sua abordagem nesse livro, a sua resenha foi bem completa, e da para a gente ficar com vontade de ler. Gostei bastante das fotos que você colocou, achei que super valorizou o post, por ser diferentes ângulos. beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Eu amo poesia. Gostei muito da sua resenha sobre o livro. E gostei ainda mais de poder ler algumas poesias nas imagens diretamente do livro. Isso foi muito legal.
    Parabéns pela resenha.
    Abrçs

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pela resenha. Adoro livros, leitura.. Vou colocar na lista dos livros para ler em 2017! =) Beijos e sucesso!

    ResponderExcluir
  13. Você disse poesias? Quero! Haha.
    Poesia é sempre um carinho no nosso íntimo, não iríamos durar muito tempo na vida se não víssemos nosso cotidiano como um poema sendo composto das coisas mais impossíveis presentes. Eu mesma, como uma seguidora fiel e leal ao mestre Edgar Allan Poe, tenho a poesia impregnada na alma. Mesmo sendo leitora assídua de terror. Inclusive foi por conta do poema O Corvo que fiz meu blog, hehe. Mas não vem ao caso. Vamos ao livro, quero dizer que amei os escolhidos para o post. Aquele de Agonia e do Bardo são verdadeiros amores. E percebi também que o autor teve um cuidado muito especial em produzir algo pudesse unir ele como um todo com nós leitores. Acho isso lindo sabe! E pela Submarino tá baratinho então vou chorar pro meu pai esse livro. Ah, já leu "No Mar, veremos"? Tem poesias muito lindas, recomendo a leitura dele. Amei as fotografias, o efeito ficou show. Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Eu sou completamente apaixonada por poesias, pois elas sempre conseguem tocar o meu coração de uma forma única e exclusiva. Adorei saber que as poesias trazem os mais diversos temas como amor, paixão, protesto e erotismo, pois mostra a diversidade do autor. Acho que amaria esta leitura, pois parece ser bem singular e tocante. Já quero ler. Parabéns pela resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Considero a poesia e as críticas de livros empreendimentos altamente subjetivos. É a opinião de alguém, afinal, do trabalho criativo de outra pessoa. Não há uma abordagem de livro didático que eu possa citar que satisfaria todas as condições e situações.Porque os poemas têm mensagens subjacentes profundas e muitas vezes servem como analogias de eventos importantes da vida, abordam as razões pelas quais o autor provavelmente escrevem os poemas. Admiro quem consegue escrever tanto em um livro com tanta palavras de rimas,até que é um gênero que me atrai bastante.

    ResponderExcluir
  16. Parece que esse livro é bem interessante! Para quem gosta bastante de poesias como Eu,um livro com 69 com certeza é um achado e tanto.

    ResponderExcluir
  17. Amo livros de poesia! Esse parece ser bem profundo! Gostei bastante da resenha, não conhecia o autor. Me interessei!!

    ResponderExcluir
  18. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o autor e achei o post super bacana, pois pude ter uma ideia de como é seu trabalho. Achei os poemas lindos e bem criativa a ideia dos contos terem essa ênfase nos períodos que o autor já passou.
    Espero poder adquirir a obra.

    ResponderExcluir
  19. Eu amo ler poesias, lembro que quando era pequena tinha um caderninho aonde escrevia vários. É uma das únicas coisas que realmente gosto de ler, não são nada cansativos. Bom saber que tem nas livrarias cultura, vou procurar para ver se encontro <3

    ResponderExcluir
  20. Quero começar dizendo que quero super continuar a ler essas poesias, portanto já quero comprar eu gostei de mais. Não conhecia este livro e é como você falou, tem que gostar muito mesmo de poesia e até amar pra descobrir a essência que ela vai transmitir. Gostei muito,bjs!

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Evandro,boa noite!
    Quando li o nome do poeta pensei que era um escritor estrangeiro,talvez italiano,mas depois vi que ele é brasileiro.
    Adoro poesia e pelas poesias que acabo de ler na sua resenha,esse poeta já me conquistou,rsrs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá.
    Não conhecia essa obra, gostei bastante dos versos, cheio de expressão.

    ResponderExcluir
  23. Olá Evandro!Gosto muito das suas resenhas,são bem explicadas e nos incentiva a uma boa leitura,lendo um pouco destes versos de D.G. Ducci,através desta belíssima postagem fiquei fascinada pelo livro.Bjs

    ResponderExcluir
  24. Olá! Tudo bom?
    Para ser sincera não tenho o costume de ler poesia, por isso não conhecia o autor, mas fiquei muito satisfeita com esse novo conhecimento, pois gosti muito de sair da minha zona de conferir. Gostei muito da forma com que escrever sua resenha, parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Amado eu amo poesia! eu anida não li este livro, parabéns pela resenha gostei muito! obrigado por compartilhar poesias lindas, beijinhosssssssss

    ResponderExcluir
  26. Faz anos que não vejo um livro de poema, quando era mais nova lia muito. Gostei muito da indicação, parabéns pela resenha, obrigado pela indicação.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Olá bom livros de poesia em sí são ótimos de ler, não é muito meu forte gosto mais de livros de romance e etc mas gostei da dica

    ResponderExcluir
  28. GOSTEI DO LIVRO,GOSTO MUITO DE POEMA,É BOM DE LER EU AMO,PARABÉNS PELA RESENHA E PELO POSTE.

    ResponderExcluir
  29. Ótima resenha,lindo livro e com uma história bem interessante

    ResponderExcluir
  30. Oi adorei a resenha!
    bem interessante eu sempre lia livros de poemas, faz tempo que não leio.
    parece bem interessante!
    bjúús

    ResponderExcluir
  31. Olá Evandro. Nesse momento em que leio esses pequenos trechos de poesia, lembrei do tempo em que escrevia vários cadernos com lindos versos, poemas e poesias, (boas lembranças ).
    As poesias são bem intensas, e tocam profundamente a nossa alma.
    Maravilhosa resenha!
    Abraços

    ResponderExcluir
  32. Oi, Evandro, tudo bem?
    Eu ameiii sua resenha. Acho que resenhar um livro é uma responsabilidade enorme, mas resenhar poesia é ainda mais desafiador. Mas você teve sucesso, descrevendo as características da escrita do autor e nos fazendo, de alguma forma, mergulhar através dos poemas de Ducci. Eu amo poesia e, realmente, às vezes é preciso ler e reler pra poder entender e dar um significado aos poemas. Esse parece ser um daqueles livros bem trabalhados que desafia o leitor.
    Dica anotada!
    Beijooos

    ResponderExcluir
  33. Olá Evandro!
    Olha, acho que comentei aqui que eu não costumo a ler poesias... na verdade ultimamente ando com pouquíssimo tempo para ler.
    Porém tenho que dizer que a sua resenha ficou ótima, li os trechos que vc postou achei bem interessante... é bom conhecer coisas novas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  34. Olá,amigo!!
    Lindos os poemas!!
    O estilo poemas sempre cativou o meu coração, eu sempre gostei desse estilo de leitura e até me arrisquei em fazer alguns ( 100 ) no estilo gospel.
    Gostei muito da sua resenha, da forma como você passa como será a leitura do livro.Parabéns pelo post.Bjsss

    ResponderExcluir
  35. Amo poesias, mas confesso que nos últimos tempos não tenho lido nada ... A forma como você aborda em sua resenha é bem interessante e o que eu gosto é que você fala um pouco do autor também, coisa que acho bem importante!

    Bjs (•‿•)

    ResponderExcluir
  36. Quanta perfeição!Viajo nesses poemas.E sua resenha nos faz ficar ainda mais desejo em ler o livro.

    ResponderExcluir
  37. Eu não costumo ler poesias, mas eu adorei a proposta do livro. Fiquei curiosa para ler, pois ler outros tipos de livros nos traz mais conhecimento né. Eu gostei muito da sua resenha, objetiva, e detalhada.

    ResponderExcluir
  38. Oie, não sou fã de poema, mais eles são lindo né,
    adorei e já irei colocar na minha lista
    bjs

    ResponderExcluir
  39. Evandro!
    Tive oportunidades de me deliciar com a leitura desse livro que passa lindos poemas, fazendo analogia com os sentimentos e as forças da natureza.
    O autor foi bem criativo e sensível.
    Gostei demais da leitura e da sua análise.
    Boas festas juninas!!!!
    “O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.