slide-slick

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Resenha: Medo (Editora Vozes)

Você saberia calcular a dimensão de seus medos?  
Qual a influencia deles em sua vida?  


São essas algumas das perguntas que me fiz ao ler o livro Medo - Sabedoria indispensável para transpor a tempestade, de Thich Nhat Hanh, publicado pela Editora Vozes, já em sua 2ª Edição.  Realmente nunca tinha parado para pensar o quanto um simples sentimento pudesse ser um fator de influência tão grande em minha vida.  Foi a partir dessas indagações que percebi que, além de não saber lidar com meus temores, eu não tinha a menor ideia de suas consequências.

Todo mundo, às vezes, tem medo.

Há momentos em nossa vida onde tudo parece perfeito, mas ainda assim, existe sempre o medo de que a felicidade não dure para sempre ou de que algo ruim aconteça e atrapalhe nossa alegria.  Não adianta negar nossos medos ou fingir que ele não está lá, porque ele só ganhará força ao ser ignorado.  Temos que aprender a reconhecer nosso medo e saber sua origem, somente assim podemos controlar seus efeitos e nos fortalecer diante de nossos temores.  

Emoções arrebatadoras são como uma tempestade, 
e permanecer no meio de uma tempestade é muito perigoso.

O livro nos ensina a reconhecer, entender e acalmar nossos medos diante da filosofia budista, mostrando técnicas de meditação e mantras que facilmente podemos colocar em prática no dia a dia.  São coisas simples, que podemos fazer em silêncio e sozinhos, ou mesmo enquanto caminhamos por ruas movimentadas.  Antes de continuar, responda só mais uma pergunta:  Quanto tempo você tira por dia para dedicar-se exclusivamente a você?

Um mantra é um tipo de fórmula mágica que, uma vez proferida, pode mudar inteiramente uma situação.  Ele pode nos transformar, e pode mudar os outros.  
 
Thich Nhat Hanh é um poeta, mestre Zen e ativista da paz. Nasceu no Vietnã, mas vive no exílio desde 1966, em uma comunidade de meditação chamada Plum Village que ele fundou na França.   Foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz por Martin Luther King Jr.  É autor de dezenas de livros publicados pela Vozes. 

Nada pode permanecer o mesmo para sempre.

Todos nós somos cheios de pensamentos positivos e admiráveis, mas também possuímos pensamentos negativos.  Temos que aprender a nos conhecer e, principalmente, nos aceitar, com qualidades e limitações, somente assim dominaremos nossas emoções.

Emoções são apenas emoções.

Muitos momentos do passado continuam presentes em nossas vidas nos causando medo, angústia, desespero, sofrimentos e até depressão.  Alguns medos são cultivados desde crianças e se arrastam ao longo da vida.  Temos medo da solidão, do abandono, de envelhecer, de morrer e de ficar doentes.   Temos medo de mudanças e da rejeição.   Pare e pense:  Será que você se preocupa com o que pensam sobre você?  Muitas vezes temos medo por nenhuma razão significativa.

A criança, com seus medos e desejos, está sempre viva em nós.

 Somos tão complicados, que se não bastassem nossos medos do passados, ainda vivemos cheios de preocupação com o que o futuro nos reserva.  Temos medo de perder o nosso emprego, de perder as coisas ou pessoas que amamos.  Mas será que algum dia poderemos ter certeza de que estaremos realmente seguros?  Como evitar que esses pensamentos terríveis afetem o que realmente temos de real no momento presente?

Quando estamos perdidos em pensamentos, não podemos estar realmente presentes. 

Normalmente, quando nos encontramos diante de algum problema que nos desestabiliza, continuamos afundando cada vez mais nesses pensamentos e afastamos qualquer possibilidade de estar alegres e felizes.  A meditação pode nos dar a consciência do momento presente e  ajudar a superar nossos piores temores.   Devemos viver o presente e não mergulhar em arrependimentos e aflições do passado, ou ainda, nos desesperarmos com a possibilidade de dores futuras.

O fósforo não é a chama, mas o fósforo pode fazer a chama surgir.  
E quando temos a chama, a chama consumirá o fósforo.

Temos que estar atentos para não nos isolarmos.  Viver em comunidade ou mesmo em pequenos grupos, como família ou amigos onde possamos compartilhar nossas alegrias e tristezas, só nos fará bem.  Saber que temos pessoas que se preocupam conosco é uma grande força em momentos difíceis.   Claro que nós também devemos estar presentes para as pessoas que amamos, por isso precisamos aprender a ouvi-las sem acusações ou preconceitos.  Estar presente é muito mais importante do que estar perto, até porque podemos estar presentes mesmo na distância.   Que tal começar a dizer para as pessoas que você quer bem: "Eu sei que você está aí, e isso me deixa feliz".  

 Se nos permitirmos ser dominados por nossos medos, nós sofreremos, 
e a semente do medo em nós crescerá mais forte.
 
Eu acredito que esse livro possa ser importante para nos ajudar a trabalhar nossas angústias.   Claro que seus ensinamentos só serão eficazes com o nosso trabalho, persistência e dedicação.   Um bom início é conversar sobre nossos medos.  Talvez agora você já esteja pronto (a) para falar sobre eles.  Boa leitura!

Sem medo, somos verdadeiramente livres.


Além das Livrarias Vozes, o livro também encontra-se disponível em diversas lojas virtuais e físicas.

http://www.universovozes.com.br/livrariavozes/web/view/DetalheProdutoCommerce.aspx?ProdId=8532647944



Contatos da Editora Vozes 
Editora Vozes Ltda 
Caixa Postal 90023 Rua Frei Luís, 100, Centro 
Cep 25689-900 Petrópolis/RJ 
faleconosco@vozes.com.br 

Televendas (24) 2233-9029 / (24) 2233-9042 
vendas@vozes.com.br   

A Editora nas Redes:
 
http://www.facebook.com/EditoraVozes?sk=app_224100727644347https://www.instagram.com/editoravozes/http://www.twitter.com/Editora_Vozes


Autor :  Thich Nhat Hanh
Tradução :  Maria Goretti Rocha de Oliveira
ISBN: 9788532647948 
Páginas: 192 
2ª edição (2015)
Formato: 13,7x21,0 cm 
Acabamento: brochura 
Peso: 0,214 kg
Literatura de autoconhecimento

* Livro cedido em parceria com a editora.

35 comentários:

  1. Realmente o medo nos aprisiona, e seria tão bom viver sem amarras né? Esse livro parece ser ótimo! Vou verificar se encontro por aqui, acho que vou gostar muito dessa leitura!
    Bjs (•‿•)
    Bjs (•‿•)

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser bom, ultimamente só vivo angustiada e nunca falo pra ninguém por medo, vou procurar aqui.

    ResponderExcluir
  3. Medo é um sentimento que todos nós temos, ele faz parte dá vida de todos, não importa a onde estamos ele nos acompanha. Mesmo sentimento medo não podemos ser escravo do medo, se não o medo vai ter domínio sobre nós. O livro nos proporciona uma leitura boa, agradável, é um livro que com certeza vai ajudar muito, além de ter muitos ensinamentos, bjs.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, como vai?
    Gostei bastante da dica, realmente você sabe como nos passar a informação sobre um livro na hora certa. Bem como gostei bastante da forma como você citou sobre o livro e sobre o medo com tanta propiedade.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Tô impressionada com tanta positividade e ensinamentos em um único livro.
    Sempre acreditei que os ensinamentos budistas são fortes, e acredito muito no que o livro trás. Saber lidar com nossos medos, descobrir o que eles são e como acalmar-ser, é algo que todos nós precisamos aprender.
    Um excelente auto-ensinamento.
    Além da boa resenha, uma dica ótima de livro.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  6. Oi Evandro! Tudo bem?!
    Que resenha maravilhosa! Que livro maravilhoso!!!! ♡
    Preciso urgentemente ler! ♡
    A forma positiva como fala sobre os medos é sensacional!
    Realmente não sabemos como o medo influencia nossas vidas, né?!
    Achei sensacional essa leitura e já anotei os dados do livro, pois realmente preciso ler.
    Obrigada por compartilhar! :)
    Abs,
    Lilica

    ResponderExcluir
  7. Bom dia amado! estou muito curiosa em ler este livro! tenho medo sim! mais sempre me controlo! quero muito ler este livro! parabéns pela resenha! muito obrigado por compartilhar está ajuda!
    Feliz Páscoa!
    Beijinhossssssssss

    ResponderExcluir
  8. A historia do livro é muito bom, eu confesso também que tenho muito medo, muitas pessoas dizem não sentir, mais por dentro ainda existe uma criança a sustada mesmo que ela não admita sentir. Eu quero muito ler esse livro, gostei muito, principalmente por ele ter bastante a ensinar. bjs!

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. O livro pare se muito bom, vou ler com certeza.

    ResponderExcluir
  10. Oi Evandro, tudo bem?

    Já li vários livros da Editora Vozes e adoro esta forma como os livros da Editora fazem os leitores refletirem sobre a sua própria vida, sobre os seus próprios sentimentos. O medo é realmente um sentimento desafiador, pois ele pode nos fazer abandonar várias coisas, inclusive nossos maiores sonhos. Já deixei muitas coisas para trás por causa do medo e a cada dia ele me assusta, mas domá-lo é fundamental. O livro parece ser muito bom, já quero ler o quanto antes!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Mas que livro lindo gente, deve ser gostoso ler algo que não trata nossos medos congelados como um monstro tenebroso, como cérbero raivoso, e sim como uma emoção que pode ser sentida e moderada com cautela. Só não podemos deixar tomar o controle né, afinal o medo nos freia de muitas coisas para se fazer, principalmente quando envolve comer uma fatia gigante de bolo de chocolate, haha. Amo a estrutura de suas resenhas e a variedade encontrada aqui, abraços!

    ResponderExcluir
  12. O medo é um sentimento intrínseco ao ser humano, herança que ficou dos primórdios da humanidade e se encontra gravado nos nossos genes. Sentimento mais que natural e que nos ajuda em muitas situações de perigo, mas desde que não se torne um obstáculo à felicidade. E é aí que entra o conselho para que se procure ajuda psicológica e ou ler livros para se aprender a lidar com esse e outros sentimentos limitadores. Esse parece-me ser um óptimo livro de auto-ajuda!

    http://magarosa3.blogspot.pt/
    (Rosa Rosa)

    ResponderExcluir
  13. Haha que livro interessante, muitas vezes não sabemos a dimensão que nossos medos alcançam, eles podem fazer nós recuarmos, gostei muito do livro e da sua resenha, vou adicionar a minha lista. Parabéns

    ResponderExcluir
  14. Evandro!
    Adoro livros que nos ensinam algo e ainda mais baseado na filosofia budista, deve ser um livro maravilhoso para lermos.
    Obrigada pela dica.
    Desejo uma ótima semana!
    “Compreender que há outros pontos de vista é o início da sabedoria.” (Campbell)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  15. Quando criança, eu era muito medrosa! Tinha um medo absurdo de tudo, principalmente da noite... tinha a sensação de que o diabo me observava e ia me atacar. Conforme fui crescendo, fui vencendo todos os meus medos, praticamente não possuo medo hoje, meus medos são mais voltados às minhas crises de ansiedade. É importante aprendermos a lidar com nossos medos para não sermos dominados por eles e assim conseguir viver e aproveitar a vida!

    Não curto a filosofia budista, mas para quem acredita deve ser uma ótima leitura. Até mais!

    ResponderExcluir
  16. Um tema digno de ser lido e tirado algo de bom.
    Eu tinha muito medo quando era criança, passei por muitas coisas na vida ainda muito nova.
    Mas essa palavra hoje em dia só me afeta quando é em relação a minha baby.
    Vou procurar esse livro em ebook e ler.
    Beijinhos e Sucesso!

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
  17. Bem o tipo de livro que estou procurando pra ler!
    A gente tem que se motivar!
    Vou na livraria amanha!
    bju

    ResponderExcluir
  18. Olá,gostei muito da resenha,bem esclarecedora que nos motiva a ler.Achei muito interessante o assunto,pois acredito que todos temos medos,reconhecer e saber lidar com isso,faz a diferença.bjus.

    ResponderExcluir
  19. Oi,
    Gostei muito da sua resenha.
    Ela explicou muito bem a história do livro.
    Deu para perceber que você gostou muito da história.
    O livro parece ser bem interessante.
    Parabéns pela resenha.
    Abrçs

    ResponderExcluir
  20. Vejo o medo como gatilho da coragem, pois só que tem medo pode realmente mostrar coragem ao passar por obstáculos.
    Gostei da sua resenha e dos pontos abordados.

    ResponderExcluir
  21. Que legal! Adorei a resenha; parece ser um livro muito bom.

    ResponderExcluir
  22. Gostei muito da sua resenha do livro "Medo",gostei tanto que se pudesse já estaria com esse livro em mãos,lendo,me aprofundando mais no assunto.Vou procurar pra comprar.
    Todos nós temos nossos medos e temos que lutar contra eles e jamais deixar que eles nos paralisem e nos impeçam de buscar nossos sonhos e objetivos na vida!
    Ótimo post!Bjs!

    ResponderExcluir
  23. Olá!Você esclarece perfeitamente a história do livro,interessante e com certeza nos motiva a lutar contra o medo pois todos nós sentimos medo de algo. Parabéns pela belíssima postagem.Bjs

    ResponderExcluir
  24. Sua resenha está maravilhosa, eu vejo o medo moderado como algo bom, que nos faz refletir antes de tomar certas atitudes, mas não somente o medo, não devemos permitir que nada em excesso nos aprisione e nos impeça de viver com qualidade, fiquei muito interessada na leitura do livro.

    ResponderExcluir
  25. que top amada adorei esta resenha o livro em si nos ensina muito o medo e um grande vilao em nosas infacias creio que as fezes ele ajuda mas tambem atrapalha e a dose e enfrenta los

    ResponderExcluir
  26. Gostei mesmo da sua resenha, pois provoca a curiosidade e esse livro com certeza deve ser uma boa opção de leitura em horas vagas

    Abraços
    Rafael

    ResponderExcluir
  27. Nossa, ao ler essa resenha percebi o quanto esse livro te envolveu. Parecia que eu estava lendo o próprio livro, e isso é muito bom. Amo livros que trazem reflexões pra nossa vida e faz com que nos questionemos. Realmente, o medo é um sentimento que temos que saber lidar. Ou a gente o domina, ou ele nos dominará. E sim, não basta lermos algo e refletir naquele momento, tem que haver esforço de nossa parte.
    Ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Esse livro parece muito bom, quero ler!

    Bjokas da Vaci 😘

    ResponderExcluir
  29. Acredito que esse livro irá despertar muitos sentimentos positivos, que temos mais que as vezes estão adormecidos por conta do medo. Gostei muito da resenha, e já anotei o nome, pois preciso dessa leitura pra ontem. Adorei a frase, sem medo somos verdadeiramente livres!
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Muito legal esse livro abordar um tema que muitas pessoas temem, que é o MEDO. É interessante conhecer o medo,para que possamos até combater ele.Parabéns pela resenha e pelo post.Bjsss

    ResponderExcluir
  31. Se o medo é inevitável e aprender a enfrentá-lo faz parte do percurso humano e o livro parece ser uma boa opção a qual instiga como controlar super interessei agora!ótima resenha bem esclarecedora

    ResponderExcluir
  32. Olá,
    Bem interessante esse livro, é bom ler coisas que te faz pensar e refletir, ainda mais algo que fala sobre medo, aquele assunto que quase ninguém gosta de falar, até porque o medo é o nosso ponto fraco, e isso realmente é o que nos deixa vulnerável, é o que nos deixa de guarda baixa, e é também a munição para sermos atacados. Bem interessante, gostei muito.
    Parabéns pelo post, sucesso com o blog
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Muito interessante!
    Realmente o medo nós paralisa e uma droga isso!
    Ótimo post!
    bjus

    ResponderExcluir
  34. Otima resenha gostei.
    O livro parece ser ótimo bjs

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.