slide-slick

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Resenha: Estrada Aberta - Sávio Brayner (Chiado Editora)

Tudo que acontece conosco tem início naquilo que somos.  
Comigo, foi num sábado de agosto, numa tarde nublada.


Estrada Aberta, publicado pela Chiado Editora é o primeiro livro de Sávio Brayner.  Nascido no Rio de Janeiro, filho de pernambucanos, Sávio cresceu em Brasília.  Escritor e jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB), estudou no Santa Barbara College (Califórnia, EUA) e na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).  Acredita que as lições mais valiosas são aquelas que ensinamos a nós mesmos, e que histórias se fazem sozinhas, sendo a função do escritor transcrevê‑las como memórias inventadas.

Mudanças talvez não significassem recomeços.

Quem nunca sonhou em viajar sozinho, conhecer novas pessoas e culturas?  Aquilo que, a primeira vista, pode parecer loucura para alguns, para outros pode ser uma oportunidade de  descobrir-se ou mesmo reinventar-se.  Geralmente nessas aventuras, nem é preciso muito dinheiro no bolso, pois a luta pela sobrevivência diária é um instrumento importante e fundamental para despertar sua verdadeira essência.  Talvez a necessidade de sentir-se responsável pela própria vida e a luta pela felicidade a cada dia,  sejam partes do tempero imprescindível para encontrar seus valores.

Minha maior vontade é me manter onde estou, em estágio primário, imbuído de paixão e coragem, desprezando estados de falsa consciência e sabedoria.  Não pretendo me acobertar com instrumentos de segurança.  Temo advertências, precauções, sonhos represados.  Receio conviver com quem pretende impor limites e temores.

Em Estrada Aberta, acompanhamos  Daniel Brant, ou simplesmente Dan, um jovem garoto como tantos outros.  Aos vinte anos, diante do sonho de se tornar escritor, sem experiências para amadurecer seu estilo, Brant encontra-se em meio ao tédio e frustrações, buscando uma forma de simplificar seus planos e fazer a vida acontecer.  Sem boas perspectivas no Brasil, parte em uma viagem aos Estados Unidos, sem destino certo, procurando nas vivências e aventuras uma forma de adquirir bagagem para estruturar suas ideias.

Ledo engano.  Lugares não mudam as pessoas.  Pessoas mudam a si próprias.  

O enredo acompanha cada passo do jovem aventureiro, seus romances, aventuras e a luta para inserir-se em uma nova cultura e sentir-se parte de lugares até então desconhecidos.   A cada página presenciamos suas paixões, conhecemos amigos (ou simplesmente colegas) que ao longo da estrada, muitas vezes, ficam para trás.  Posso dizer que mesmo com inúmeros personagens essa é uma viagem solitária, uma jornada que mudará toda a sua vida, diante de tantas experiências.

Sonhos não terminam, sonhos mudam.

Claro que nem tudo será perfeito para Daniel Brant e muitos sacrifícios serão exigidos.  Ele enfrentará muitas situações difíceis onde terá que lidar com seus medos e frustrações e perceberá que cada decisão será vital para seu futuro.   Aos poucos, veremos o personagem mergulhar em busca do real sentido para sua vida.

Tome cuidado com sua liberdade.

O autor desenvolve a narrativa de forma extremamente natural, mesmo com o enredo se passando em outro país, incluindo personagens americanos ou de outras nacionalidades.  Em nenhum momento parece forçado ou caricato, e sabemos o quanto isso acontece com frequência.   

Uns enriqueciam.  Outros definhavam.  Eu me mantinha vivo.

Narrado em primeira pessoa, com frases curtas, linguajar descontraído e ágil, o enredo de Sávio Brayner poderia se resumir na própria descrição que Dan faz ao seu jeito de escrever :  "Meu estilo sempre foi simples, direto, profundo.  Escrevia como pensava.  Pensava como vivia."  Aliás, em muitos detalhes, cheguei a pensar até que ponto autor e personagem compartilham as mesmas experiências? Ou ainda, o que há de real ou invenção nessa aventura?

Existia para mim uma linha tênue entre a satisfação de achar o que tanto procurava e o medo de não saber o que fazer com essa  preciosa descoberta.  A linha tênue era invisível.  Estendia-se entre o absoluto e o nada.  Entre o encontro e a perda.  Entre o otimismo e a desilusão. 

Confiram o site da livro AQUI.  Lá você encontra sinopse, imagens, trechos.  Baixe grátis o primeiro capítulo.




Estrada Aberta
Autor:  Sávio Brayner
Chiado Editora
Páginas :  404
Data de Publicação:  Novembro de 2016
ISBN : 978-989-51-7450-8
Coleção:  Viagens na Ficção


Além da Chiado Editora, o livro também se encontra à venda 
nas livrarias Travessa e na Cultura.


*Livro cedido em parceria com a editora.

30 comentários:

  1. oi!!!
    Também sempre quis viajar sozinha pelo mundo :D
    Gostei da capa do livro, os livros da Chiado Editora são ótimos.
    Eu adoro livros em primeira pessoa, e a resenha ficou ótima. O livro parece ser muito interessante, já coloquei na minha lista de leitura.
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Amado é um desejo que guardo que é viajar sozinha, fiquei curiosa para ler o livro!parabéns pela resenha, beijinhosssssss

    ResponderExcluir
  3. Já pensei em viajar sozinha, conhecer outros lugares, pessoas, costumes, o livro tem uma leitura agradável, gostei de conhecer o Daniel esse jovem aventureiro, sair viajando pelo mundo é só pra quem tem coragem, gostei bastante do livro, abraços.

    ResponderExcluir
  4. Porque não viajar sozinho? Há riscos mas não é verdade que temos de viver os riscos para chegar à recompensa? Excelente resenha como sempre, parabéns!



    Passem pelo meu blog:
    http://umaquestaodeespaco.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  5. Sua resenha está perfeita Evandro, com certeza me instigou a querer ler o livro! Sou apaixonada por leitura, apesar de estar com pouco tempo nesse ano, mas o seu livro parece ser fantástico, cheio de aventura e aprendizagem. Adorei, abraços

    ResponderExcluir
  6. Tuas resenhas são ótimas porque não fala só da obra mas também um pouco do autor coisa que acho importante ... Confesso que não conheço nenhum dos dois autor/obra, mas como gostei do enredo é muito provável que numa próxima compra eu o traga junto, se o achar por aqui ...
    Bjs (•‿•)

    ResponderExcluir
  7. Ótima resenha!estou certa que este livro tem boas aventuras,Daniel deve ser um jovem aventureiro bem corajoso pois viajar sozinho inclui muitos desafios pela frente,curiosa para ler esta incrível aventura.Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Que resenha boa de se ler!! Adorei o jeito como voce expos tudo, ficou ótimo.
    To com tanto livro pra ler, mas voce me convenceu a comprar o livro pra ler agora mesmo. Fiquei curiosa, haha.
    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li o Livro "Estrada aberta" e para ser franca não conhecia o autor,mas gostei muito da sinopse.
    Abraço,boa semana!

    ResponderExcluir
  10. O que mais gosto aqui no Atraentemente é que a indicação de livros é tão variada que podemos esperar de tudo. Fiquei mega interessada na história desde o momento que li que apesar de todas as personagens presentes, é uma viagem solitária. Amo quando os escritores passam essa melancolia, me deixa tão próxima da realidade que, mesmo soando estranho, me sinto confortável em saber que a solidão se faz presente. Parando para pensar no nosso dia a dia é assim que nos sentimos também, com ou sem família e amigos por perto. Sacas?
    Essa capa é show de bola, a pegada de road trip deve ser tão deliciosa que tenho certeza que a leitura flui que nem percebemos. Se eu não estivesse acumulada com 17 livros para ler, compraria ele na certeza, hahaha. Adorei a estrutura do post, suas resenhas são incríveis. Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha,me deu uma vontade de ler,ainda nao conhecia este livro,faz parte da coleção ficção ,amei eu quero.

    ResponderExcluir
  12. Olá tudo bem?
    Muito boa sua resenha,com certeza vou querer ler o livro,a capa é muito linda gostei muito,parabéns pelo post um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Gostei bastante da resenha e da premissa do livro. Parece ser uma obra leve e fluida. Gostei da forma como expôs os pontos principais.
    Gostei bastante.

    ResponderExcluir
  14. Hey! Confesso uma prática minha que é horrível: julgar um livro pela capa. Estou tentando mudar isso hahaha Mas cá entre nós, adorei a capa, Editora Chiado sempre se superando com seus trabalhos. O enredo da história me chamou bastante a atenção talvez por eu me identificar muito com o personagem, quanto a questão de ter um sonho e querer buscar isso. Parabéns por sua resenha, cada vez mais, passo a amar seu blog.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Terminei sua resenha com uma vontade imensa de ler este livro. Gosto de obras que possuem um linguajar simples e compreensível, daqueles que vai conquistando o leitor e busca ser objetivo na sua explanação. Confesso que ao ver a capa não fiquei interessada, mas é aquela história, sempre temos que conhecer o conteúdo. Adorei sua resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. NÃO CONHECIA ESSE LIVRO,MAIS PELA RESENHA FIQUEI COM VONTADE DE LER,EU ACHEI A CAPA DO LIVRO LINDA,PARABÉNS PELA POSTAGEM.

    ResponderExcluir
  17. QUe bacana
    Achei muito bom e realmente fiquei com vontade de ler.
    Parece profundo!

    ResponderExcluir
  18. Bem legal tua resenha!
    Hoje já não penso mais em viajar mundo a fora sozinha. Mas antes queria muito!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Quem nunca desejou uma viagem a lugares desconhecidos não é mesmo? rsrs
    Excelente resenha, não tinha ouvido falar do autor mas gostei do livro, vai pra minha lista de desejos.

    Bjokas da Vaci :*

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha, fiquei com uma vontade de ler esse livro. Não conhecia essa editora.

    ResponderExcluir
  21. Olá,amigo!!
    Excelente resenha, a história do livro parece ser muito interessante.
    O hábito de ler é muito importante para que todos possam adquirir mais conhecimento.Parabéns!! Bjss

    ResponderExcluir
  22. Gostei da resenha Evandro, muito bem escrita e aguçou a minha curiosidade que já não era pouco e agora muito mais em querer ler esse livro, é o que vou fazer colocando já na minha agenda para ler assim que acabar o atual

    Abraços
    Rafael

    ResponderExcluir
  23. Suas resenhas são sempre excelentes. Esse livro parece muito interessante,acho que muitos sonham em viajar. Me interessou mais ainda saber que o autor cresceu aqui em Brasília.

    ResponderExcluir
  24. Muito agradável, ler as tuas resenhas. A medida que vou lendo, quero conhecer mais do escritor e de sua obra. Uma viagem dessas, é para poucos, pois se não tiver um espirito aventureiro, e o despego na bagagem, dificilmente se descobrirá como "tal aventureiro".
    Abraços!

    ResponderExcluir
  25. Achei muito interessante o livro um dos meus grandes sonhos é viajar pelo mundo!
    Ótima resenha!
    bjus

    ResponderExcluir
  26. Gostaria muito de viajar conhecer novas pessoas novas culturas, mas não sozinha sou muito medrosa kk

    ResponderExcluir
  27. Nunca tinha ouvido falar do livro, gostei bastante da resenha, está de parabéns, obrigada pela dica, vou adicionar a minha lista.

    ResponderExcluir
  28. Pretendo ler, pois me identifico com o personagem, já viajei diversas vezes sozinho quando jovem, em busca de novos horizontes....

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.