slide-slick

Resenha: Crônicas de Minas Gamedevs - Flávia Gasi e Kaol Porfírio (Jambô)

em domingo, 21 de junho de 2020

O mundo que ela queria, teria que criar.


Crônicas de Minas Gamedevs, de Flávia Gasi e Kaol Porfírio, foi publicado em 2019 pela Jambô Editora.  A HQ pertence ao selo editorial Bast!, focado na publicação de literatura e quadrinhos criados por mulheres e por minorias.

Você pode fazer tudo o que quiser (...)

O mercado de games no mundo é gigantesco.  O Brasil movimenta muito dinheiro nesse setor, que vem crescendo ainda mais ao longo dos anos.  Assim como em outras áreas profissionais, as mulheres têm  que lutar para provar que são tão capazes quanto os homens, que antes dominavam a área de desenvolvimento de jogos eletrônicos. 

(...) tudo o que uma garota poderia querer (...)



Crônicas de Minas Gamedevs fala um pouco sobre 7 garotas que trabalham na área de desenvolvimento de games. Gamedevs significa Game Development, ou seja Desenvolvimento de Jogos.  As autoras se basearam em pequenas conversas, ou mesmo frases soltas nas redes sociais para contar as histórias dessas minas, que falam de suas dificuldades, seus cotidianos, amores, preconceitos, sonhos e medos.

O desejo e o medo.

Todas as histórias são baseadas em fatos reais, mas a criatividade da Flávia Gasi e da Kaol Porfírio se destacam em cada detalhe.  Ao acompanhar o dia de Ami, Tainá, Chu, Edith, Camila, Raquel e Julia, percebemos que em torno da aventura que cada uma apresenta, há uma série de temas importantes que merecem debate.

Também dá medo de se expressar na vida.
Ou de achar a sua voz.



Eu poderia falar um pouco sobre cada enredo, mas as histórias são curtas e tiraria a surpresa de cada da leitura.  Mas posso dizer que cada uma dessas minas irá conquistar o leitor com simplicidade, força de vontade, trabalho e muitos sonhos.

Ele é melhor que você!

No final tem uma parte bem legal.  Os leitores poderão conhecer cada uma das minas que foram fonte de inspiração para as histórias.  Além das fotos verdadeiras, tem a biografia de cada uma.   O trabalho é bastante colorido e cada trama tem personalidade própria.

(...) ela sabia de suas escolhas (...)


Com 64 páginas coloridas, Crônicas de Minas Gamedevs mostra que cada uma dessas meninas, além de mandar muito bem nos games, são profissionais de respeito, embora nem sempre valorizadas.  Cada história carrega essência própria, fazendo do livro mais dinâmico.  Diante da importância do empoderamento feminino, essa HQ cumpre seu papel, mostrando que as mulheres estão fazendo bonito e agregando valor ao universo geek.

O mundo não é como as nossas histórias (...)


Autoras:  Flávia Gasi e Kaol Porfírio
1ª Edição (2019)
Páginas:  64
Formato:  20,5 x 27,5cm brochura
ISBN:  978858365122-2




 Onde Comprar:


https://jamboeditora.com.br/produto/caverna-do-ladrao/ 


https://www.instagram.com/jamboeditorahttps://www.facebook.com/jamboeditora/https://twitter.com/jamboeditorahttps://www.youtube.com/user/jamboeditora



Sobre as Autoras:



Flavia Gasi é doutora e mestre pela PUC-SP no programa de Comunicação e Semiótica. Sua dissertação de mestrado foi ampliada para se tornar o livro Videogames e Mitologia.  É CEO da Forja, sócia do blog Garotas Geeks, fundadora do selo literário Bast! Editorial e colunista no site UOL TAB.     Com quase vinte anos de experiência em jornalismo e comunicação no mercado gamer e de cultura pop, fundou um grupo de estudos chamado JOI - Jogos e Imaginário, e dá aulas de narrativa.  Come sucrilhos sem leite e sempre escolhe a Chun-Li.


Carolina "Kaol" Porfírio é uma profissional da arte.  Seu projeto de maior reconhecimento é Fight Like a Girl, onde ilustra mulheres e garotas da cultura nerd e geek com o objetivo de naturalizar a força das mulheres e promover o empoderamento feminino.  Kaol também trabalha como desenvolvedora de jogos na sua Kuupu e, entre outros projetos, é co-autora do jogo Exodemon.

  * Livro recebido mediante parceria com a Editora Jambô.

Um comentário:

  1. Interessante uma história de mulheres que trabalham com games,sabia que estamos cada vez mais ativas em várias profissões mas confesso que não imaginava que chegaríamos a esse mundo,adorei o tema.E por ser escrito por autoras dá mais força a história.A vida da mulher é uma correria diária e fiquei curiosa para saber como essas jovens vivem entre o virtual e a realidade.Tenho certeza de que é uma leitura fascinante.

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.

Topo