slide-slick

Lidos e Recebidos: Junho

em sexta-feira, 5 de julho de 2019


O mês de Junho chegou e parece que trouxe um grande vendaval junto com ele.  Muitas coisas ruins aconteceram por aqui, o que praticamente fez o blog parar nesses dias.  Foram perdas, doenças e imprevistos.  Aos poucos voltaremos ao ritmo.  Somente um livro chegou e também poucas leituras (embora um deles com 703 páginas). Vamos conferir os livros do mês de Junho

Recebido em Junho:

O Estrangulador
Autor:  Sidney Sheldon
Editora:  Record
Recebido da Lucivânia do blog Por Essas Páginas


Um perigoso maníaco vem desafiando as mais brilhantes cabeças da Scotland Yard. Não deixa
rastros. Exceto uma intrigante coincidência: o criminoso só ataca em dias de chuva. O sargento Sekio Takagi está desesperado. Não há tempo a perder. Precisa Urgentemente desvendar o quebra-cabeça mais terrível de sua carreira. nesse momento, o boletim metereológico anuncia: "chuvas ao final da tarde sobre a capital inglesa..." É dado o sinal para mais uma arriscada caçada humana, que só o mestre Sidney Sheldon é capaz de criar. O leitor acostumado a muito suspense e emoção, com os consagrados 'Corrida pela herança' e 'A perseguição', irá viver em 'O estrangulador' surpreendentes momentos de ação e suspense. Nesta audaciosa aventura, o tempo é precioso e cada segundo pode ser fatal.








Lidos em Junho:




Contos Noturnos
Autor:  Dylan Ricardo
Recebido da Editora

CONTOS NOTURNOS é uma obra que reúne dez histórias de horror com variados temas: Um homem que descobre ter acordado no pior lugar do mundo. Um estranho espelho deixado de herança por uma tia excêntrica. As assustadoras mensagens de uma misteriosa caixa antiga. Uma corriqueira conversa de bar que leva a terríveis conclusões. Um perturbado escultor e sua diabólica estatueta de gato. O encontro de dois Serial-Killers. O doentio humor de um palhaço. A obsessão de um jovem por uma coloração. Um cão de sombrio comportamento. As reflexões de um monstro.





Harry Potter e a Ordem da Fênix
Autora:  J. K. Rowling
Editora:  Rocco
703 páginas

Harry Potter e a Ordem da Fênix - Harry Potter chegou à adolescência. E, junto com as
transformações desta época tão importante, vive seus dias mais sombrios na escola de magia de Hogwarts. Anunciado por sua própria autora, a escocesa J. K. Rowling, como o livro que inaugura a fase dark do personagem, Harry Potter e a Ordem da Fênix, quinto volume da saga do jovem bruxo,. saiu em junho na Inglaterra e nos Estados Unidos, provocando uma corrida dos jovens fãs do bruxinho às livrarias. A versão brasileira tem tradução de Lia Wyler, que precisou de muito talento e rapidez para traduzir as 704 páginas em tempo recorde: como havia um contrato de sigilo cercando Harry Potter e a Ordem da Fênix, Lia recebeu o livro junto com os leitores de língua inglesa e teve pouco mais de quatro meses para concluir a tarefa. O quinto volume da série Harry Potter traz a mais longa das aventuras do aprendiz de feiticeiro: tem cerca de 255 mil palavras, pesa 800 gramas e tem tudo para surpreender os leitores. J. K. Rowling chegou a revelar que chorou ao escrever a morte de um dos personagens mais ligados a Harry Potter em A Ordem da Fênix, cujo título faz menção a uma sociedade secreta envolvendo parte dos professores da Escola de Magia. No livro, Harry não é mais um garoto. Aos 15 anos, continua sofrendo a rejeição dos Dursdley, sua estranhíssima família no mundo dos "trouxas", ou seja, todos os que não são bruxos. Também continua contando com Rony Weasley e Hermione Granger, seus melhores amigos em Hogwarts, para levar adiante suas investigações e aventuras. Mas o bruxinho começa a sentir e descobrir coisas novas, como o primeiro amor e a sexualidade. Nos volumes anteriores, J. K. Rowling mostrou como Harry foi transformado em celebridade no mundo da magia por ter derrotado, ainda bebê, Voldemort, o todo-poderoso bruxo das trevas que assassinou seus pais. Neste quinto livro da saga, o protagonista, numa crise típica da adolescência, tem ataques de mau humor com a perseguição da imprensa, que o segue por todos os lugares e chega a inventar declarações que nunca deu. Harry vai enfrentar as investidas de Voldemort sem a proteção de Dumbledore, já que o diretor de Hogwarts é afastado da escola. E vai ser sem a ajuda de seu protetor que o jovem herói enfrentará descobertas sobre a personalidade controversa de seu pai, Tiago Potter, e a já anunciada morte de alguém muito próximo. O desaparecimento de um dos personagens centrais da trama é um dos trunfos de A Ordem da Fênix que, com isto, transforma-se no livro mais dramático da série até agora. Não foi por acaso que J. K. Rowling chegou às lágrimas escrevendo.



Continuem ligadinhos por aqui.  Julho tem mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.

Topo