slide-slick

XIX Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro

em quarta-feira, 11 de setembro de 2019


Chegou ao fim a XIX Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro.  O maior evento do país reúne autores, leitores, editoras e uma variedade de profissionais da área.  É bem verdade que o evento, ao longo dos anos, passou a representar bem mais do que os interesses dos apaixonados pela literatura.  A Bienal do Livro é palco de debates e conversas que respeitam as diferenças.  Quem já teve oportunidade de participar de alguma edição pôde perceber que lá tem espaço para todos. 

Esse ano tive a oportunidade de participar da Bienal na terça e na sexta-feira.  Foram dois dias intensos e repletos de novidades.  Pessoas contentes e felizes lotaram seus corredores, disputando lugar nos estandes.  Mas o que realmente levou a Bienal para todas as mídias do país foi a tal decisão do atual prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella de impedir que livros com temática LGBT+ de ficarem em exposição no evento.  A verdade é que não havia nada explícito, nem em evidência, mas a infeliz atitude do prefeito chamou tanto a atenção que os livros com temática gay tiveram um grande aumento de vendas.  Obviamente fizeram uma limonada do limão que receberam.  

Infelizmente a prefeitura não demonstrou ter tanto apreço por seus moradores, e pouco menos com os visitantes que vieram prestigiar o evento.  Para chegar até o Rio Centro, onde acontece a Bienal, foi uma verdadeira tortura para mim (nos dois dias que fui).  Pelo menos durante a semana foi assim, não sei como foi com a linha extra do BRT que funcionou nos sábados e domingos.  Fiquei mais de hora esperando a linha 51, que quando passava já estava super lotada.  Para voltar, foi o mesmo suplício. Crianças sendo empurradas e imprensadas no coletivo lutando para chegar ao evento.  Crianças, adolescentes e adultos em um verdadeiro perigo.  Ei, prefeito! Da próxima vez faça algo útil e cuide de criar um projeto que nos dê segurança e rapidez para chegar ao Rio Centro.  Lá, deixe que cada um escolha o que quer ver ou comprar.  Somos suficientemente inteligentes para fazer nossas escolhas.

Confiram algumas fotos do evento
Clique nas fotos para aumentar







Veja outras fotos no Facebook

27 comentários:

  1. Que legal amigo querido, uma pena que não moro no Rio, é difícil quando o prefeito não ajuda! estou com você tem que deixar cada um ver e comprar o que quiser né! cada um tem sua escolha! lindas fotos parabéns, beijinhossssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Rúbia. Planeje um passeio e venha visitar a cidade qualquer hora. Mesmo com tantos problemas, a cidade ainda é cheia de encantos.

      Excluir
  2. Muito bom seu post, as fotos ficaram lindas, mas nao e so ai que nao se tem ajuda,mas ir a uma bienal e sempre bom ne ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Bienal é um espaço maravilhoso. Encontramos tantas pessoas, fazemos amigos, e temos acesso a tudo o que acontece no mundo literário.

      Excluir
  3. Muito bom esse evento da Bienal!!
    Ter um lugar onde está a maior cultura do nosso país é realmente interessante. Que pena que o nosso prefeito tentou "brilhar" no evento, mas não conseguiu.Parabéns pelo post!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Evandro.
    Normalmente eu acompanho a Bienal do Rio pela mídia, mas nesse ano estava fora do Brasil e só depois que fiquei sabendo sobre essa polêmica de proibição de livros. Por ser de São Paulo e ter uma Bienal grande por aqui, não me animo a viajar até o Rio, não! Ainda mais se é para passar esse sufoco todo com transporte, com a distância do evento e tudo o mais!
    Adorei as fotos e depois quero saber mais sobre suas compras! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camila. Eu moro no interior do Rio. Onde moro fica umas 4h de SP, então acabo curtindo a bienal daí também. Pois é, em relação a transporte, SP sai infinitamente na frente em se tratando de bienal, pelo menos.

      Excluir
  5. Tenho muito vontade de visitar a Bienal do livro , mais infelizmente não foi dessa vez. Vou acompanhar as novidades aqui pelo seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita. Quando puder, não deixe de planejar um passeio e conhecer.

      Excluir
  6. Tenho muito vontade de visitar a Bienal do livro , mais infelizmente não foi dessa vez. Vou acompanhar as novidades aqui pelo seu blog.

    ResponderExcluir
  7. oi!
    Eu adoro ir na bienal do livro :D ver as novidades e claro comprar livros novos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, dá vontade de comprar tudo. Eu geralmente aproveito as promoções, pois os lançamentos nem sempre tem preço melhor que na net.

      Excluir
  8. Eu tenho muita vontade de ir, mas é difícil me locomover do interior de sampa até o rio.. mas quem sabe um dia.
    Esse ano deu aquela polêmica né, mas segue sendo uma feira muito forte, importante e especial para o Brasil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A polêmica chamou a atenção para livros que nem ficavam tão expostos, nem era lançamento. Mas o brilho da bienal nem de longe foi ofuscado, pelo contrário, acabou movimentando ainda mais.

      Excluir
  9. Esse evento da Bienal do livro foi maravilhoso, quem é fã de livros e foi com certeza teve uma boa experiência, tenho vontade de um dia ir nesse evento, ficaram lindas as fotos, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Lucimar. Quando tiver a oportunidade de aproveitar, não deixe de ir. Tanto em SP quanto no Rio vale à pena.

      Excluir
  10. Olá,

    Adorei conhecer a sua experiência com a Bienal desse ano. Ainda não fui no evento, mas quero muito poder ir na Bienal de São paulo ano que vem. Achei um absurdo o prefeito querendo censurar os livros LGBTQ+, mas ainda bem que as pessoas não se calaram e este fato serviu apenas para aumentar as vendas dos livros. Uma pena que o transporte tenha sido um incômodo, é muito ruim passar por algo assim mesmo. Parabéns pelo post, ficou muito bom!

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice. Nos últimos anos houveram algumas mudanças que poderiam facilitar o transporte, como a extensão do metro até a barra, e uma linha de brt integrada que nos leva até o Rio Centro. Porém durante a semana essa linha do BRT tem que trocar de ônibus em uma certa estação, isso é um transtorno, pois foi nessas trocas que esperávamos por horas um outro ônibus.

      Excluir
  11. Sempre tive vontade de ir, mas só me lembro quando é o dia e não me programo. A próxima irei, pois quero muito conhecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando tiver oportunidade não deixe de aproveitar. Vale muito à pena.

      Excluir
  12. Olá,
    Tem dois eventos que tenho muita vontade de ir e ainda não consegui me organizar: Paraty e Bienal.
    Eventos assim atraem turistas, espero que para as próximas edições eles melhorem a questão do transporte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paraty é uma cidade histórica maravilhosa. Nesse caso, precisam melhorar a segurança. Mas tanto Paraty como a Bienal, merece um esforço, pois valerá muito à pena.

      Excluir
  13. Deve ter sido bem legal, uma pena a dificuldade para chegar e a censura que foi feita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que as coisas boas superam em muito os pontos negativos. hehe

      Excluir
  14. Eu não tive a oportunidade ainda de ir na do RJ e nem na de SP. Quero ir pra conhecer os autores mais famosos que não vem pra Porto Alegre. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente esses autores no auge da fama geram muitas expectativas. Há distribuição de senhas, então tem que ser bem planejado para não perder.

      Excluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.

Topo