slide-slick

Resenha: Fausto Tropical - Sidney Garambone (7 Letras)

em quinta-feira, 11 de julho de 2019


Fausto Tropical, de Sidney Garambone, foi publicado em 2019 pela Editora 7 Letras. Um simples encontro pode levar um homem a mergulhar em suas angústias e desejos.  O mais difícil é saber que no final uma decisão deverá ser tomada e que as consequências serão inevitáveis.  Cada escolha tem seu preço!

Qual a sua verdade (...)?

O escritor Victor Vaz, personagem central de Eu, Deus, primeiro romance do autor (Editora Record - 2006) está de volta para mais uma aventura.  As lembranças do velho grupo de seis amigos que se reuniam para assistir filmes clássicos e conversar sobre eles ficou apenas na memória.  Escrever um livro sobre os encontros e expor os desejos e fantasias que pairavam sobre eles acabou sendo o fim de grandes amizades e também o afastou da doce Paulina.

Minhas lembranças me alimentam, mas também me corroem.

Agora, depois de alguns livros publicados, mas sem manter o sucesso desejado, Victor Vaz trabalha em um sebo no Rio de Janeiro, cidade onde se passa a história de Fausto Tropical.  Botafoguense e apaixonado por literatura, o escritor vive uma rotina solitária.  Separado, se esforça para não se afastar da filha ainda pequena, enquanto busca uma motivação para os seus dias, embora lhe falte elementos para uma grande mudança.

A dúvida é o maior dos desesperos.
 

A verdade é que nunca se esqueceu de Paulina, que agora mora no exterior com o marido e está prestes a voltar para o Brasil.  Esse possível reencontro enche a vida de Victor de possibilidades, trazendo de volta o passado com suas dores e seus prazeres, mas principalmente com a  oportunidade de superar os velhos erros e reconquistar o grande amor.  Mas algo inesperado está para acontecer. 

A fuga perfeita é um equívoco.

Um encontro mudaria para sempre a vida de Victor Vaz.  Um homem surge em seu caminho.  Uma figura misteriosa, culta e sagaz.  Conhecido por vários nomes ao longo dos tempos, mas sempre envolto em uma atmosfera sombria e escura.  Lúcifer era um de seus nomes.  A sua presença seria um chamado ou uma escolha?  A resposta para essa pergunta Victor Vaz teria que descobrir.

O Mal fascina, não tem jeito.

Os dias seguintes foram repletos de descobertas.  A aproximação dos personagens possibilita diálogos intensos e surpreendentes. Um jogo perigoso e sedutor que não tem limites para acontecer.  Um desfecho que exige uma escolha.  Uma decisão precisaria ser tomada.  

Porque é a mentira que move o mundo.

Do outro lado, um exorcista apresenta uma nova história.  Uma possibilidade arriscada diante da perspicácia do oponente.  Os caminhos são perigosos e tortuosos e será preciso decidir qual lado seguir.  Uma jornada pela história do universo, cruzando com a vida do próprio Victor.   Verdades e mentiras interferindo no destino da humanidade.  Um confronto de duas forças que moldam o destino de um povo.

A culpa é a mais terrível das moedas.

O livro é inspirado no clássico Fausto de Goethe.  A cidade do Rio de Janeiro se destaca nas excelentes cenas, passando por diversos cenários.  O autor faz referências a obras clássicas sobre Lúcifer, um dos personagens mais famosos da literatura, além de passear por elementos da cultura pop.

O silêncio não significa fragilidade.  Apenas uma pausa.

Com 264 páginas, folhas amareladas e fonte confortável, o livro mergulha nas angústias do personagem Victor Vaz, guiadas por Lúcifer, que também revisita seu passado.  A força dos diálogos sugere uma intenção maior do que as palavras simplesmente representam graficamente.  Uma ótima narrativa, personagens bem construídos e cenários que fascinam.  A capa é de Alice Garambone e orelha traz os comentários de Pedro Bial sobre a obra.   Não é necessário a leitura do livro anterior.

Boa leitura!

Não quero previsões. Não quero premonições.  Não quero dicas, muito menos indicações.  Apenas viver e conviver com meus erros.  Olhar o passado é tão mais fácil.  Quisera eu ter forças para não mais existir a partir de hoje, apenas escrever tudo que vivi.



Fausto Tropical
http://www.7letras.com.br/Autor:  Sidney Garambone
Editora 7 Letras
Edição 1ª (2019)
Páginas: 264
Formato:  15,5x23cm
ISBN 978-85-421-0753-1




Sobre o Autor 
https://www.facebook.com/jorge.saearp


Sidney Garambone é jornalista e autor de O caçador de barangas (7Letras), A Primeira Guerra Mundial e a imprensa brasileira (Mauad), Eu, Deus (Record) e Os 11 maiores volantes do futebol brasileiro (Contexto).  Comentarista da Globo News e do Sportv, também é editor-chefe na TV GloboFausto Tropical é seu segundo romance.


* Livro gentilmente cedido pela Oasys Cultural

25 comentários:

  1. olá , sua resenha está maravilhosa , fiquei encantada com a história de imediato e ter o cenario do Rio de janeiro como pano de fundo completa minha determinação em ler este livro. Ainda não lí nada do Sidney Garambone , mais é um prazer descobrir a resenha desta obra .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor tem uma escrita que segura o leitor, e soube dar destaque a cidade maravilhosa.

      Excluir
  2. oi!
    Eu adorei o livro a historia é bem agradável,arranca diversos sorrisos mas que também traz sensações melancólicas.É bem interessante ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o livro desperta diversos sentimentos durante a leitura.

      Excluir
  3. Uau!!! Imagina só... estou ansiosa para saber a história de Victor... o mal, sempre é tentador, quero saber mais sobre esse encontro e as consequencias dele

    ResponderExcluir
  4. Que história intrigante! Melhor ainda por ter a cidade maravilhosa como principal cenário, já ganhou ponto positivo! Como disseram acima, o mal pode ser muito sedutor, mas seus resultados mostram sua verdadeira essência, não é mesmo? Resta saber quais os rumos o personagem tomará!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, as consequências dessa sedução é o que Victor vai descobrindo ao longo da história.

      Excluir
  5. Muito interessante o uso de uma figura clássica na realidade carioca, uma releitura de um clássico que me gerou curiosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor soube abordar perfeitamente o tema dentro de nossos dias e em um cenário tão conhecido.

      Excluir
  6. Olá Evandro
    Esse livro parece prenda a gente em cada página só pela resenha q vc fez dar vontade de comprar na hora esse livro. Quem não sofre com o seu verdadeiro eu q tem angústias q ainda pensa no seu antigo amor . Tdo que cada um de nós somos e fazemos e tem o cenário lindo da cidade Maravilhosa. Adorei a resenha. Bjs e sucesso

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Olá Evandro!A capa me transmitiu paz,achei linda e meiga,mas no decorrer da resenha vi que ela guarda em si uma história bem diversifiicada em sentimentos e tem um certo fascínio,o Victor tem uma longa caminhada com bastante desafios pela frente,creio que as consequências serão intensas.
    Admirável o autor dá um destaque especial a cidade maravilhosa.Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Eu não conheço o Sidney Garambone, mas a sua resenha me fez ter vontade de conhece-lo. Se entendi bem, os livros dele são quase um tratado filosófico aplicado no cotidiano, muitas questões para refletir. É isto?
    Vou ler e depois te retorno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilene. Tem algumas questões filosóficas, mas todas muito bem inseridas e não cansa o leitor. O Sidney escreve muito bem e soube trazer a essência de Fausto para os dias atuais.

      Excluir
  10. Gosto de enredo que se passa no Brasil e fiquei muito interessada pela história e sua resenha está ótima, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Deyse. Também gosto de enredos passados por aqui.

      Excluir
  11. Meu querido amigo parabéns pela resenha achei muito interessante a história,me deu vontade de ler, parabéns ao escritor, beijinhossssss

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem Evandro?
    Eu não conhecia o livro e a editora, mas adorei a resenha e fiquei interessado no livro por ser ambientado no Brasil. Dica anotada!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Não li ainda, porém fiquei muito intrigada. Pela sua resenha, parece ser uma grande história.
    Preciso ler.
    Ps: adorei a capa ❤

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.

Topo