slide-slick

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Resenha: A Besta de Lucca - Ilmar Penna Marinho Jr (Jaguatirica)

Era apenas o começo da batalha do Mal contra o Bem.


A Besta de Lucca, de Ilmar Penna Marinho Júnior, publicada pela Editora Jaguatirica, é o segundo volume da Trilogia do Apocalipse.   A famosa cena A Besta aprisionada por mil anos da Tapeçaria do Apocalipse continua espalhando o caos por onde passa.  Tudo parecia caminhar para um desfecho feliz no último livro, mas não foi o que aconteceu.  Depois de ser encontrada no Brasil, em uma favela do Rio de Janeiro, a obra de arte novamente desapareceu e continua despertando cobiça e espalhando o ódio pelo mundo.

(...) a Besta retornou para cumprir a sua missão apocalíptica em terras distantes.

Adorada por alguns e temida por outros, a famosa cena da Besta continua sendo o elemento central do enredo de Ilmar Penna.  Conhecemos um pouco mais sobre a Ordem dos Cavaleiros do Apocalipse, percebendo o conflito de objetivos dentro da própria irmandade, que renasce na cidade de Lucca, localizada na região de Toscana, Itália.   A figura do Mestre Jean-Pierre e a do poderoso Barão Oswald von der Wereld tendem a colidir a qualquer momento.  Para completar, uma misteriosa mulher  acabou de ingressar na ordem.  Ela  foi aceita por suas premonições que nunca falhavam e também pelas generosas contribuições que sempre fazia para a irmandade.

 O mal deve ter sido feito.

Depois do desfecho inesperado no primeiro livro, Júlia acaba voltado para o Brasil para tentar refazer sua vida profissional e pessoal   Finais felizes não duram para sempre, essa foi uma lição aprendida por aqui.  Confesso que a ausência de um personagem importante acabou me incomodando.  Torço pela sua volta no terceiro livro.  Júlia se tornou uma referência no meio jornalístico por suas matérias sobre violência urbana e tráfico.  Claro que tudo isso a coloca em constante perigo.

Os sonhos se realizaram com tiros certeiros.

Prestes a receber as Olimpíadas no ano de 2016, o Rio de Janeiro sofre com os crescentes índices de violência e o aumento do tráfico de entorpecentes e armas. As facções criminosas espalham terror com seus soldados e armamentos bélicos, afetando toda a cidade e assustando a população.    A corrupção chega a níveis inaceitáveis em todos os órgãos públicos e autoridades.   Os serviços públicos, como saúde, educação e segurança, estão a beira de um colapso, atingindo níveis caóticos.

(...) o mesmo abismo que os separava também os unia.

Diante desse cenário devastador, um homem poderoso se alia ao crime organizado dentro das favelas para explorar a lucrativa rede de tráfico e prostituição.  Além do atrativo dos sites virtuais, onde jovens garotas eram exploradas e comercializadas, existia no submundo das redes um esquema ainda maior envolvendo sexo e armas pesadas. 

Seria tudo isso influência da Besta em terras brasileiras?  Novos personagens são apresentados, cujos caminhos acabam se cruzando em uma rede de perigos e redenções.  Velhos conhecidos da trama anterior também se fazem presentes.  Em um enredo que fala sobre o Bem e o Mal, todos carregam um pouco de cada essência dentro de si.   Novos amores surgem, o mal parece se multiplicar, o passado precisa ficar para trás diante da necessidade de sobrevivência.

(...) às vezes, é comum criarmos demônios onde não existem.

A cena 75 da Tapeçaria do Apocalipse continua sendo idolatrada e espalhando pelo mundo uma desordem jamais vista, assim como proclamava as maldições templárias.  O diabo está solto, desencadeando violência, ganância, ódio e muitos outros males que atingem a humanidade.


Com 352 páginas, folhas amareladas  e letras confortáveis, A Besta de Lucca reúne elementos históricos e fictícios em uma trama  repleta de segredos, romances e ambição.  Além da cidade de Lucca, o autor explora as belezas do Rio de Janeiro e todo o seu contraste entre as grandes favelas e imensas avenidas.  Crimes, dinheiro, religião e fanatismo são somente alguns ingredientes dessa trama.  A capa mais uma vez surpreende pela beleza, estampando a gravura da Igreja de San Michele, em Lucca.  A narrativa é em 3ª pessoa e os capítulos se alternam entre os personagens.  O estilo do autor é bastante descritivo e mantém os detalhes bem amarrados ao final.  Agora é aguardar o que o terceiro livro trará para o leitor.  Boa leitura!

(...) o Bem e o Mal  não são conceitos assim fáceis de julgar.




A Besta de Lucca (Trilogia do Apocalipse #2)
 https://www.editorajaguatirica.com.br/livros1/ficcao/a-besta-dos-mil-anos/Autor:  Ilmar Penna Marinho Júnior
Editora Jaguatirica
Edição: 1ª (2018)
Páginas:  352
Formato: 14x21cm
ISBN 978-85-5662-131-3



http://oasyscultural.com.br/

Sobre o Autor:


https://www.facebook.com/Ilmar-Penna-Marinho-Jr-Escritor-566237497084880/
Ilmar Penna Marinho Junior é natural do Rio de Janeiro. Passou a infância e adolescência na Europa, aonde aprendeu a apreciar a cultura francesa. Jornalista, formou-se em Direito pela PUC-Rio e diplomou-se em Master of Comparative Law pela Georgetown University, Washigton, DC. Foi Secretário de Administração no Estado do Rio de Janeiro e Diretor da Neclebrás. Exerceu relevantes funções de confiança na PETROBRAS. Publicou os seguintes livros: "Petróleo - Soberania & Desenvolvimento" (Editora Bloch, 1970), "Petróleo: Política e Poder" (Editora José Olímpio, 1989), "Águas profundas ou o Petróleo é nosso" (Editora Revan, 1998), "O Quinto Poder" (Editora Razão Cultural, 2000) e "A Besta dos Mil Anos" (Novo Século, 2010), primeiro livro da "Trilogia do Apocalipse". Em 2018, republicou o Livro I da Trilogia do Apocalipse e  o segundo livro "A Besta de Lucca", ambos pela Editora Jaguatirica.

Onde Comprar:

https://www.editorajaguatirica.com.br/livros1/ficcao/a-besta-dos-mil-anos/

https://www.travessa.com.br/a-besta-dos-mil-anos-volume-1/artigo/f1f25656-2074-40d0-aaca-57e59de5d19a?pcd=041&gclid=Cj0KCQjwxtPYBRD6ARIsAKs1XJ5dgkT_62ylS6HtHchCdr71bMaLuAZw6ysnS1XsdvH72jMqL1lq7OAaAgSrEALw_wcB


E-book:

https://www.amazon.com.br/besta-Lucca-Trilogia-Apocalipse-Livro-ebook/dp/B07D9PHN1P/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1542750275&sr=8-1&keywords=a+besta+de+lucca




* Livro cedido gentilmente pela Oasys Cultural.

20 comentários:

  1. O livro tem uma história que deixa o leitor preso aos acontecimentos, principalmente quando há fatos relacionado ao Apocalipse, e o autor explora muitos temas como favela, crimes, dinheiro, religião, isso mexe muito com a pessoa, já fiquei curiosa pelo terceiro livro, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa mistura de elementos faz toda a diferença. Muito criativo o autor.

      Excluir
  2. Adorei, o livro parece ser maravilhoso. Deixa o leitor preso aos fatos narados. E não conhecia essa editora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa editora tem ótimos livros e a qualidade da edição é muito boa.

      Excluir
  3. Um enredo surpreendente e eletrizante, adoro tramas que unem a ficção com a realidade e o pano de fundo no Rio de Janeiro deixa tudo mais emocionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro enredos que se passam em cidades brasileiras. Muito bom.

      Excluir
  4. Histórias que remetem ao Apocalipse são sempre tão intrigantes e nos levam a viagens fantásticas. Tenho certeza que esses temas sociais abordados pelo autor tornam a leitura ainda mais real. Darei uma chance com certeza!
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um tema bem intrigante mesmo. Essa mistura de realidade e ficção que o autor propõe é fascinante.

      Excluir
  5. Olá, tudo bem?
    Eu não conehcia o livro e o autor em questão, achei as capas simples e legais. Pareces ser boas leituras e achei interessante o autor abordar em stemas sociais.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é simples, mas é bem bonita. AS letras são metálicas e na foto não aparece bem.

      Excluir
  6. Essa leitura deve ser super curiosa mesmo. Histórias apocalipticas são sempre misteriosas. Logo vou chegar em Apocalipse na minha leitura bíblica. Achei bacana pq o contexto é bem atual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O enredo se baseia no sumiço de uma Tapeçaria famosa que é justamente as cenas do Apocalipse. Até pesquisei na internet. É bem legal e eu não conhecia.

      Excluir
  7. Depois de ler a resenha, o enredo tão intrigante, alguém observa os céus com mais cuidado em busca de um mundo melhor, de alguma forma se preocupa mais que o fim esteja próximo. A questão mais interessante - pelo menos para mim - é por que tantas, tantas vezes, são atraídas para essas histórias de destruição iminente? Por que parece que queremos que o fim dos dias tenha o apocalipse agora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro trata mais da desordem criada pelo próprio homem em níveis sociais diante do sumiço da tapeçaria. Com certeza, os seres humanos são culpados por todas as destruições.

      Excluir
  8. Oi Evandro
    O que me chamou atenção para ler a resenha foi o título "A Besta de Lucca", porque meu avô nasceu em Lucca na Itália. Lendo a resenha vi que é a mesma região e que tem descrições de lá no livro, o que me deixou bastante curiosa. Vou anotar o trilogia na minha lista de desejados.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Gisela. Pelas partes do livro e também pelas fotos que vi na internet parece um lugar maravilhoso.

      Excluir
  9. Menino eu fiquei doida lendo tua resenha, vidrada a cada parágrafo, tu escreve muito, mas muito bem mesmo, faz o desejo de comprar o livro ainda maior só com as tuas palavras, mas a obra em si também é espetacular pelo visto, vou procurar mais pra saber e comprar pra ler.
    www.kammykrysthin.com
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Fico muito feliz com os elogios. É muito importante receber esse feedback.

      Excluir
  10. Não conhecia esta trilogia, embora tenha me chamado bem atenção pela maneira que resenhou não sei se seria uma leitura que adicionaria. Este trechos foi um dos que me chamou atenção " Finais felizes não duram para sempre, essa foi uma lição aprendida por aqui." acho que deve dar a sensação de continuidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luma. Realmente a vida está com constante movimento, o que achamos hoje que é um final (seja alegre ou triste), amanhã tudo se transforma novamente.

      Excluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.