slide-slick

terça-feira, 8 de maio de 2018

Resenha: A lucidez da lenda - Raul de Taunay (Pandorga)

Há sempre traidores neste mundo.


Em A lucidez da lenda - um ensaio sobre o futuro, publicado pela Editora Pandorga, o autor Raul de Taunay nos surpreende com um romance épico onde o mundo, cercado por novas invenções e tecnologias,  trava constantes disputas pelo poder e dinheiro, tendo como cenário a segunda metade do século XXI.   Em um futuro, não muito distante, onde vários países mantinham acordos para o controle da poluição, evitando o grande avanço da degradação da natureza, surge um homem ambicioso, disposto a ultrapassar todas as regras e conquistar a Amazônia, um dos únicos pontos do planeta onde a natureza ainda resistia.

Os espíritos da floresta estarão ao seu lado 
quando chegar o momento.

Em um futuro ainda mais longínquo, a história da linda jovem da Amazônia que dizia conversar com Deus e da guerra que travou para salvar seu povo acabou virando lenda e é assim que o autor nos conta essa história.  Naquele tempo, dois mundos bem diferentes estavam prestes a se confrontar:  de um lado a sintonia plena entre homem e natureza, respeitando todos os seres e plantas; e do outro, um mundo de ganância e poder que buscava apenas lucro e vantagens sem respeitar as pessoas e o meio ambiente.  Raul de Taunay presenteia o leitor com um enredo maduro e grandioso, misturando heróis e vilões, cobiça e fé, índios, políticos e máquinas e inúmeros outros elementos que fazem de A lucidez da lenda uma ótima leitura.


Como por encanto, não se ouviu um único ruído por muitos segundos.  
A morte havia chegado (...) 

Diante do caos instalado no mundo com a falta da água no ano de 2050 d.C., que se tornava cada dia mais valiosa, o mundo voltava os olhos para as riquezas da Amazônia, principalmente seus reservatórios e bacias hidrográficas.  Jack Stealler, o Gorila, era um homem muito poderoso, vice-presidente da Federação das Corporações Unidas, uma mega associação de 40 multinacionais que dominavam e regiam o cenário mundial.  O vilão é apresentado logo nas primeiras páginas, juntamente com seu plano de dominar a Amazônia, separando-a do Brasil e criando ali um novo país, onde tivesse total controle para explorar todos os recursos, escassos no resto do mundo, e ganhar muito dinheiro.
Queria ter a tua fé...

Em São Bento da Ribanceira, cidade amazonense fictícia, que ficava próxima à Aldeia indígena dos Jurujumas, conhecemos outra personagem que irá representar o outro lado dessa guerra.  Antônia dos Anjos, uma jovem virtuosa, filha de ribeirinhos do alto rio Negro, desde muito pequena se mostrou especial e iluminada, vivendo sempre em total harmonia e equilíbrio com a natureza.  Pressentindo o perigo da invasão da floresta, a jovem recebe, em visão, uma missão do Grande Espírito, Senhor de todas as coisas, de que deveria salvar a Amazônia.  Depois de pedir a bênção do curandeiro Ammos, da Aldeia Jurujunas, ela parte com a difícil missão de alertar o Presidente, Rodolfo Belo, do perigo comunicado pelo Grande Deus.  Claro que ela contará com muitos aliados, mas a missão não será nada fácil, pois quem acreditaria em uma beata da floresta que dizia ter o poder de conversar com Deus?
 
É difícil mudar o mundo (...).  
Há obstáculos ocultos em cada caminho.

A partir daí começava uma verdadeira luta contra o tempo, enquanto a Amazônia era destruída e devastada por mercenários estrangeiros com o apoio de robôs deletadores fortemente armados com pulverizadores e desintegradores.  Exércitos matadores de última geração, conhecidos como Capacetes Vermelhos espalhavam o terror por onde passavam.  Aldeias inteiras eram destruídas e seus índios massacrados, enquanto a mídia mundial assistia estarrecida às notícias manipuladas que mostravam o povo brasileiro como o grande vilão.  Do nosso lado, os aliados prometem surpreender, contando com a ajuda dos bravos Grafiteiros Hackers e os Ninjas Verde-Oliva, um grupo altamente treinado do exército.

(...) faça o que precisar, (...) para vencer essa guerra.

Além de um enredo interessante, Raul de Taunay nos apresenta personagens fortes e bem construídos, de ambos lados da guerra, cada um com suas características.  A importância do curandeiro Ammos e seus conhecimentos para a Federação; André Moura, um jovem estagiário de jornalismo que se une à Antônia dos Anjos em sua missão; a paixão e garra de Tapunuê, filho de Ammos; e o prefeito interesseiro Wilberto Laráppio, escolhido para fazer parte do golpe contra as forças armadas do Brasil e se tornar o presidente do novo país, são somente alguns nessa extensa lista de peças que se moverão nessa batalha.


Nesse país de tantos desequilíbrios e necessitados, 
não faltarão candidatos a rei.

Narrado em 3ª pessoa, com 408 páginas amareladas, fonte de bom tamanho e espaçamento razoável, o enredo tem elementos que surpreenderá os fãs do autor. Comunicadores, Helijatos, teletransportadores, drones híbridos e transparentes, são somente algumas tecnologias futurísticas exploradas pelo autor nesse enredo que mistura ficção científica com a simplicidade dos povos e índios da floresta.  Uma mistura que deu certo e consegue segurar o leitor até o fim com uma linguagem dinâmica e inteligente.  Basta refletir sobre o risco de tudo isso se tornar real algum dia.

Não havia o que fazer.  A morte fazia parte da vida assim como esta fazia parte da morte; uma espécie de fronteira entre dois mundos, um momento de transição, entre o ser e o não ser, que devia ser contemplado em silencioso respeito.

Esse é o segundo livro que leio do autor.  Confira aqui a resenha de Poemas ao Desabrigo.


http://editorapandorga.com.br/V2/index.php?route=product/product&product_id=256A Lucidez da Lenda - Um ensaio sobre o futuro
Autor:  Raul de Taunay
Editora Pandorga
408 páginas
1ª Edição (2018)
Formato:  16 x 23 cm.
ISBN 978-85-8442-287-6


http://oasyscultural.com.br/

Sobre o Autor:

Raul de Taunay é considerado por muitos um dos autores brasileiros mais singulares da atualidade.  A Academia Brasileira de Letras (ABL) conferiu-lhe a Medalha João Ribeiro em 2005.

Suas obras:
  • Poética do novo bardo (poesia);
  • O menino e o deserto (romance);
  • Meu canto aberto (poesia);
  • Meu Brasil angolano (romance);
  • Rosas da infância ou da estrela (poesia);
  • Urbe extrema:  versos brasilienses (poesia);
  • O andarilho de Malabo (poesia);
  • O andarilho de Malabo (prosa);
  • Poemas ao desabrigo (poesia).  (resenhado no blog)


Visite o site e as redes sociais para conhecer um pouco mais sobre Raul de Taunay.


https://www.instagram.com/rauldetaunay/https://www.facebook.com/escritorrauldetaunay/


Onde Comprar:


http://editorapandorga.com.br/V2/index.php?route=product/product&product_id=256


https://www.saraiva.com.br/a-lucidez-da-lenda-10129125.html


* Livro gentilmente cedido pela Oasys Cultural.

24 comentários:

  1. Enredos bons é o que faz a diferença na história.
    Ainda mais quando os personagens são bem reais, com uma história crível.
    Fiquei curiosa para ler.

    Abraços
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor criou um enredo muito interessante, misturando muitos fatores que nos prendem à leitura.

      Excluir
  2. O livro A lucidez da lenda de Raul de Taunay é simplesmente maravilhoso, o livro tem uma história que prende o leitor ao livro, uma história de ficção,onde há uma disputa pelo poder e dinheiro, e ainda fala da Amazônia, é um livro riquíssimo, excelente a indicação de livro abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Lucimar. Que bom que gostou da sugestão.

      Excluir
  3. É um enredo que nos faz refletir: será que esse futuro está tão distante assim? A degradação da natureza está cada dia pior e a cobiça pela Amazônia pode ser uma realidade próxima. Sem dúvida o livro traz um tema muito pertinente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a Amazônia é um grande tesouro e há muita cobiça envolvida. Concordo com você quando pensamos que um futuro assim não está tão longe se não for feito algo para evitar.

      Excluir
  4. Concordo com a Patrícia, enquanto lia a resenha pensei a mesma coisa, esse futuro me pareceu bem próximo. Há mais de cinco anos vi um vídeo mostrando como será a vida das pessoas com a falta da água. O livro servirá de alerta ao povo, pois o assunto desenvolvido é muito importante para todos. Ótima indicação, Evandro!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Cidália. Temos mesmo que pensar no futuro e como o que estamos fazendo hoje para evitar um caos muito maior.

      Excluir
  5. Parabéns ao autor! Brilhante descrições, com muita riqueza de detalhes! Ambientações e personagens muito bem construídos!

    ResponderExcluir
  6. Além de amar apreciar autores brasileiros e tentar lhes dar a devida importância, livros como esse me despertam demais a curiosidade por causa de seus personagens. Eu só sei que preciso ler esse livro! Ainda mais pela forma que caminha a humanidade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Daiana, ler é sempre bom, quando nos deparamos com um cenário como a Amazônia e uma assunto que interessa a toda a humanidade fica ainda mais interessante.

      Excluir
  7. olá , tudo bem ? Ainda não li nada do autor Raul de Taunay , mais A lucidez da lenda tem uma história bem desenvolvida sobre o futuro do nosso Planeta , do nosso Brasil em relação a floresta Amazonica. A temática me encanto e já estou ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor desenvolveu um enredo muito bem estruturado e amadurecido. Leia se tiver oportunidade. Vale muito conhecer.

      Excluir
  8. Fique super curiosa para ler esse livro. Adoro estórias de futuro distópico.
    E é brasileiro né? Ou entendi errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é brasileiro. Não entendeu errado não. rsrs

      Excluir
  9. Menino, eu não conhecia nem o autor e nem o livro, mas fiquei arrepiada com a história. Os trechos que você colocou aguçou meus sentidos. Muito bacana.

    ResponderExcluir
  10. A historia parece ser muito interessante com um enredo dinâmico e com aventura.
    Achei que seria um pouco confuso essa mistura de ficção cientifica com a historia dos povos da floresta, mas você disse que o autor soube lidar bem com essa mistura na trama, despertou minha curiosidade para ler a Lucidez da Lenda.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  11. Nice entry, I'm here for the first time and maybe I will stay longer!
    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  12. Até mesmo a Amazônia querem vender, é um estado de lucro, as pessoas querem acabar com tudo por interesse próprio, este livro parece ser a verdade que está acontecendo e o que está por vir, deixa claro um aviso, muito bem vindo, nós Espero que as pessoas estejam cientes do que está acontecendo no mundo através deste livro.

    ResponderExcluir
  13. Muito boa a resenha! Nao conhecia o livro, mas gostei bastante da proposto do autor. A capa é linda...trabalho muito bem feito! POxa! Adorei mesmo...um livro que parece ser rico e com sacadas inteligentes como falou.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  14. Evandro!
    Meu livro chegou essa semana e agora após ler sua resenha, fiquei ainda mais interessada em fazer a leitura. Gosto dessa ficção mais futurista e voltada para consciência ecológico.
    Maravilhoso final de semana!
    “Eu gosto de escutar. Eu aprendi muito escutando cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca escuta. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  15. Evandro,
    gosto muito de suas indicações, ainda não conhecia o título e nem o autor. Pelo visto o Brasil não vai melhorar no futuro, né, ainda vai contar com políticos sem escrúpulos. A Amazônia já é cobiçada e esta história, mesmo futurista, tem um toque de realidade.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  16. Olá!Excelente resenha,mais uma obra magnífica do autor Raul de Taunay,com certeza é uma leitura que nos mostra uma realidade cruel e egoísta mas necessária para refletirmos sobre o caus que já estamos passando no mundo.
    Adorei a indicação!Bjss

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.