slide-slick

sexta-feira, 9 de março de 2018

Resenha: Confissões de um Suicida - Thays Martins de Paiva

 Eu sou apenas a página do livro que não foi lida  
(Trecho de Treva - p. 17)

Em Confissões de um Suicida, a autora mineira Thays Martins Paiva mostra que os versos possuem  a força dos recomeços.  A poesia morre e ressurge nos próprios sentimentos, muitas vezes impulsionada pela dor infinita, rompendo a letargia que bloqueia a vida.  Em outros momentos, o amor e a paixão se fazem combustíveis para as palavras que fortalecem a poesia, insistindo em escancarar-se sem máscaras, desvendando a alma que se esconde em suas linhas.

Em cada verso, fica mais evidente a certeza de que Thays tem muito a dizer através de suas palavras. Sua escrita é intensa, carregada de significados e simbolismos.  Em cada linha a sensação de urgência de alguém que se encontra  à beira de um precipício, ansiando por ser ouvida.  Não é uma poesia utópica ou romantizada, pelo contrário, é pungente ao expor suas feridas abertas e as dores latentes, mas em outros momentos se apresenta suave ou apaixonada.

Escrever é o que resta
(Trecho de Morte à poesia - p. 12)
 
O livro é quase um desabafo, por isso, fatalmente, o leitor se tornará cúmplice de cada palavra sintetizada no momento poético.  Isso se deve basicamente ao fato de que todos nós reservamos um cantinho secreto onde guardamos nossos sentimentos e evitamos expressá-los por medo, timidez ou qualquer outro motivo.  As angústias, indagações e inquietações do espírito humano acabam por transbordarem, inevitavelmente, em pequenas ações ou podem simplesmente se tornar poesia, como nesse caso.  Muitas vezes lidamos com nosso lado mais sombrio e conhecê-lo pode fazer toda a diferença.  Quem foi que disse que somos unicamente luz ou trevas?  Acho que isso nos aproxima do mundo de Thays.

E agora nem papéis me são úteis
procuro em outros o que não vejo em mim
e já cansei dessas assertivas, são todas fúteis
(Trecho de Identidade - p.42)

Os versos de Thays falam de paixão, solidão, angústias e expectativas.  Ciente de que todos esses sentimentos interferem em sua realidade, e vice-versa, sua poesia é um espelho que reflete dúvidas, certezas, anseios e desejos.   As nuances de sentimentos se confundem e se misturam, tornando a vivência o tormento de não ver o que há além.   Sentir o martírio de estar entre a total desesperança ou entregar-se à vida embriagada de paixão, pode não ser uma escolha tão simples como aparenta.

A poesia morreu 
em meus lábios
(Trecho de Morte à poesia - p. 12)

Confissões de um Suicida é composto de 28 poemas que estampam suas 65 páginas.  Os versos de Thays variam de forma e tamanho, seguindo livres, definindo o estilo da autora.  Ela explora os sentimentos em sua essência bruta e primitiva, lapidando-os com a beleza da poesia.  



mal sabia que eu era a causa de meu açoite 
(Trecho de Identidade - p.42)

Os poemas são divididos em 4 partes que representam estágios vividos pela autora:  Nascimento, Morte, Vida após a morte e Ressurreição.  As fases são expostas em uma trajetória de descobertas que desnuda sua vida sem encobrir suas dores e questionamentos.  Ainda assim há um anseio que clama pela vida, onde a paixão se apresenta de forma intensa, mostrando um possível caminho a seguir.


O livro foi feito de forma independente, com capa e diagramação feita por Thais Lopes.  O papel é amarelado e de qualidade e o acabamento está perfeito.    Todo esse carinho e cuidado ao compor seu primeiro livro de poesias acabou contribuindo para que pudesse chegar às mãos do leitor com um excelente custo x benefício.  Quem ama poesia conseguirá sentir a dimensão do que exatamente as palavras de Thays representam.
 
Distribuída estou entre o ir e ficar
pois nunca vou sem me deixar
e nunca fico sem me levar
é no papel chamuscado que me marco
é nele que em partes me parto
[...]
(Trecho de Grades - p. 46)


Confira aqui uma das minhas poesias preferidas:

Propósito

Um pedaço de papel amassado
eu era o caco de vidro quebrado
nem cristal
nem porcelana
eu era a maldita grama

A caneta sem tinta e o lápis sem grafite
eu sou aquele que não resiste
de longe algo completo
de lado
algo quebrado

Como a poção de amor que não deu certo
eu sou o verme rastejante no deserto
Em busca de água, em busca de vida
eu sou o livro com páginas jamais lidas
[O lençol manchado pelas lágrimas do fracasso]

Eu sou o rascunho que fazem
o papel velho rabiscado
eu sou a dor dos cães que latem
o sonho esquecido e apagado

não há mais aquele brilho
aquele valor
tudo o que há
é somente dor

eu não sou nem mesmo o prato
sou o resto do que restou
do que um dia alguém usou

serviu o seu propósito, verme
pode voltar para o buraco!




Obra independente
Edição 1 (2017)
ISBN 978-85-919764-7-8



Onde Comprar:

O livro sai por apenas 15,00 e a Thays entrega em Belo Horizonte, mas também envia para para qualquer lugar do Brasil com frete fixo de 5,00 e ele ainda vai com uma assinatura personalizada!  Os interessados poderão entrar em contato com a autora pelo E-mail, Blog ou Facebook.

Você poderá conhecer mais sobre o livro e ler textos da autora no blog que ela mantém: O Estranho Mundo de Thays.

 www.taliesinperdido.blogspot.com.br

Contato da Autora:


E-mail: thaysmp14@hotmail.com

https://www.facebook.com/thaysmartinsdepaiva

https://www.skoob.com.br/livro/754654ED758024

70 comentários:

  1. Evandro!
    Amo poesias.
    Ver mais uma escritora nacional expressar seus sentimentos através de poemas profundos, é a sensibilidade transcendendo.
    Bom dommingo!
    “Os lírios não bastam. As leis não nascem das flores. Meu nome é luta, e escreve-se na história.” (Luciana Maria Tico-tico)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pura verdade, Rudy. Compartilho também da mesma opinião. Obrigado pelo carinho.

      Excluir
  2. Uauu que análise boa!! Adorei, de verdade! Faz muito tempo que não leio poesia, mas pela resenha o livro parece ser bem bonito e que nos faz ter boas reflexões. Gostei do poema apresentado e da capa tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Mi. Que bom que gostou. Eu adoro poesias, tanto ler quanto escrever. O estilo da Thays está em completa sintonia comigo.

      Excluir
  3. Adorei conhecer essa obra. Gosto de poesias em um nível absurdo. Possuo vários livros de poesia em minha estante. Por saber que os poemas da autora retratam uma profundidade da alma, aquele lado muitas vezes deixado de lado, o lado mais sombrio do ser humano, me fez querer lê-lo. Assim que puder quero ele para mim.

    @leitoraconectada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, as poesias da Thays são intensas, assim como são intensos e verdadeiros os momentos que elas representam.

      Excluir
  4. Já tinha visto o livro por aí, mas não conhecia a sua premissa poética, jurava que se tratava de uma estória de terror, me deixei levar pela capa rsrs. Pela resenha se nota o quão complexo e tocante pode ser os poemas da Thais, pelo visto é um desabafo da alma. Livro perfeito para se ter na cabeceira.

    Abraços
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda, mas a primeira vista pode enganar sim. São poemas lindos e intensos. A autora mostra que a poesia pode surgir de momentos que nem imaginávamos ser possível.

      Excluir
  5. Oi Evandro!

    Tudo bem? Não conhecia o livro ou a autora, mas confesso que já fiquei com o pé atrás assim que li o nome do livro porque ando numa fase meio tensa da minha vida (superando uma depressão - ou começando a superar).

    Gosto desta proposta de explorar sentimentos, mas acho que neste momento não posso pegar um livro assim. Os poemas que você colocou aqui (tanto na foto quanto transcrito) são realmente bem intensos.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Jessie. Os poemas são intensos sim, mas como a Thays nos mostra é possível encontrar um caminho para lidar com momentos difíceis e aprender a lidar com a dor que faz parte da vida de todos nós. A saída da Thays foi transformá-los em poesia.

      Excluir
  6. Olá! Achei mesmo um desabafo essas poesias e os trechos.. Acho lindo a maneira como as pessoas conseguem escrever com tanto sentimento em tão poucas palavras. Não sou uma leitora frequente de poesias, mas me encanto com elas.
    Bjoxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A poesia é mesmo um dom. Em poucas palavras consegue uma intensidade que outros autores não conseguem em livros inteiros. Eu amo poesias! Obrigado pela visita.

      Excluir
  7. Olá Evandro, tudo bem?

    Eu não conhecia o livro, tampouco a autora, mas gostei da proposta dela, em unir uma temática mais forte com a doçura da poesia. Vou anotar a dica.

    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Pamela. Que bom que gostou da dica. Obrigado pela visita.

      Excluir
  8. Que capa linda! Eu tenho visto resenhas desse livro tem um bom tempo e fico feliz que uma autora independente venha conquistando seu merecido reconhecimento. Adoro poesias então certamente a sua dica foi anotada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os autores nacionais precisam ser valorizados, pois sabemos como é difícil chegar até o leitor. Obrigado pela visita.

      Excluir
  9. Que título,capa impressionante,acho lindo papel amarelado,pela sua resenha os poemas nos fazem não querer parar de ler, vou salvar os contatos da Thais e farei o pedido do livro.Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Rosana. Obrigado pela visita.

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?
    Eu não consigo gostar de poesias e me envolver com obras desse estilo, mas não nego que, o pouco que li da autora, ela escreve bem e encanta o leitor. Achei muito interessante você ter dito que a poesia da Thays não é utópica, que ela é pungente e acho que esse é o livro perfeito para uma amiga, vou indicar para ela.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A poesia da Thays é real e nasce muitas vezes de momentos difíceis. Entender um pouco do seu universo nos coloca em sintonia com ele. Que bom que se encantou com o pouco que mostrei aqui. Obrigado pela visita.

      Excluir
  11. Olá, tudo bom?

    Eu não tenho o costume de ler poesia. Confesso que não o faço desde a época da escola, em que era obrigada a realizar a leitura nas aulas de literatura. Porém, gostei da proposta desse livro e achei interessante a maneira em que ela compôs as suas poesias. Os temas, em que ela fala de paixão, solidão, angústia; e ainda dividir os pemas nos estágios da vida, é diferente de tudo o que eu já li, então aumentou ainda mais a minha vontade de conhecer o trabalho da autora. Eu não a conhecia, mas fico feliz de ver que ela conseguiu publicar o seu livro de maneira independente e espero que faça sucesso.

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigado pela visita. Eu também fico muito feliz vendo um livro de qualidade feito de forma independente. Talvez seja esse um dos melhores caminhos para conseguir um preço mais acessível no exemplar final. A poesia da Thays realmente carega sua alma, percebemos isso em cada verso.

      Excluir
  12. Olá, ótima a sua resenha. Gostei de conhecer esse livro, a capa é super chamativa. As poesias presentes parecem ser tocantes, gostei das citações que escolheu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Marijleite. Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  13. Não sou fã de poesia e não consigo ter aquela sensibilidade para absorver as palavras...
    O titulo me chamou atenção e a capa é linda...
    por ser uma obra curtinha, acho que vou me arriscar!
    dica anotada!

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana. Arrisque-se, pois há uma grande possibilidade de vc gostar. Obrigado pela visita.

      Excluir
  14. Olá!
    Nossa esse livro parece ser bem interessante, principalmente por trazer poemas sobre uma grande variedade de sentimentos. Gostei bastante da proposta e essa capa está muito bonita também.
    Me agradaria a leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila. A autora se inspira na própria vida, em seus momentos de angústia, de alegria; então é bem variado. Obrigado pela presença.

      Excluir
  15. Amei a resenha do livro, ainda não conhecia.
    Achei lindo a capa do livro.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Jenny. Obrigado pela visita.

      Excluir
  16. Sua resenha deixou-me ainda com mais vontade de ler o livro!Comprei o meu,mas ainda não recebi,culpa dos correios,então o que me resta é esperar,rsrs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana. Acho que você vai gostar da sensibilidade da autora. Os Correios ultimamente só tem dado dor de cabeça. Uma pena neh!?

      Excluir
  17. que linda resenha que poesia top amado gosto demais de livros assim

    ResponderExcluir
  18. UAU!
    Que resenha mais intensa e que quotes mais lindos você nos mostrou... Deu pra ver a intensidade do livro através das suas palavras, mas infelizmente, eu não posso ler livros com essa temática e também não curto muito poemas...
    Achei muito legal que você tenha gostado do livro dessa forma, desejo sucesso a autora e não posso negar que ela tem o dom das palavras!

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mayara. Não se assuste com o título do livro. Claro que alguns temas são mais fortes, mas existe uma superação em muitos movimentos, existe luz também nas poesias da Thays.

      Excluir
  19. Oie!

    Amei a capa dessa obra, muito bonita, teria o livro só por causa dela kkk Não sou de ler poesia/poemas, ainda mais com um tema tão forte, mas irei indicar ele para dois amigos eles amam essa tema e gênero e com certeza irão aproveitar mais a leitura, e sobre a autora não a conhecia, mas irei procurar saber mais sobre ela, ficar por dentro dos novos nomes da literatura nacional!

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nay. Também acho a capa linda e representativa. Indique sim. Quem ama poesias, com certeza, vai mergulhar nas palavras da Thays. Obrigado pela visita.

      Excluir
  20. GOSTEI DA RESENHA,NÃO CONHECIA ESSE LIVRO,ACHEI LINDA A CAPA DO LIVRO,PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  21. A capa do livro e o título é bem chamativo, gostei bastante da sinopse gosto muito de poesias as poesias da Thays são maravilhosas, ela escreve muito bem, escreve com a alma, belíssimo livro, parabéns para a autora Thays Martins de Paiva, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Lucimar. É exatamente assim, a Thays escreve com a alma. Obrigado pela visita.

      Excluir
  22. Olá, tudo bom?
    Não conhecia a autora e seu livro, mas confesso que não curto muito livros de poesias =/ Entretanto, fiquei bem curiosa em relação a esta obra, principalmente por você ter falado que este livro é um desabafo e que por isso nos sentimos próximos a autora através de suas palavras e por isso vou dar uma chance. Adorei sua resenha e essa capa maravilhosa do livro!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Polly. Acredito que a Thays fala de uma forma, embora poética, bem direta. É um desabafo, um pedido de socorro, uma declaração de amor... Isso nos aproxima muito de suas poesias, o que faz que a identificação seja maior.

      Excluir
  23. Oi amado confesso que quando vi a capa me assustei! kkk ai fui lendo e vi poesias, amo poesias que expressa sentimentos através de poemas profundos, gostei, parabéns pela resenha, beijinhosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em um primeiro momento, sem saber do conteúdo, a capa pode passar uma ideia diferente. Ela simboliza momentos e as pétalas de rosas não estão ali a toa. Quem ama poesia tem tudo para gostar do livro. Obrigado pela visita.

      Excluir
  24. Oi!
    Apesar de não ser uma leitora de poesias achei o livro muito interessante, tanto pelo título da obra (que imagino que tenha alguns poemas relacionados, e o tema é bem forte) quanto a diagramação que está linda.
    Pra quem curte poesias deve ser um livro e tanto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sabrina. O livro é um encanto, não somente pelas poesias, mas pelo cuidado com os detalhes. Nenhuma poesia está ali em vão, e nós percebemos isso ao acompanhar cada uma delas. Obrigado pela presença.

      Excluir
  25. Olá,

    Confesso que não costumo ler muitos livros desse tipo, mas, acredito que essa será uma leitura maravilhosa, por se tratar de relatos honestos, o que gosto bastante numa leitura. Não conhecia essa obra, no entanto já deixei a dica anotada para em breve.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Thayenne. São poesias fortes, pois, como disse, não são utópicas e falam da realidade, nem sempre bonita, nem sempre fácil. Fala de coisas boas também, afinal vivemos momentos bons e outros não tão bons como gostaríamos. Leia, vc vai gostar.

      Excluir
  26. Oi amigo,eu não ando em dia com minha leitura,tenho alguns livros na espera,devido ao tempo,um pecado.Mas gostei de sua resenha e já estou pensando em presentear uma amiga,aniversariante e fã de poesia.Valeu pela dica,bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para quem gosta de ler, livros são os melhores presentes! Eu adoro receber. Para quem gosta de poesias esse é um presentão, ela irá gostar muito.

      Excluir
  27. Olá Evandro!Adorei conhecer a autora Thays Martins de Paiva e seu livro parece incrível,colocar seus sentimentos mais profundos em poesias,e certamente nos passa uma lição de vida e bem reflexiva,é supre interessante.
    O preço do livro é bem acessível facilitando para o leitor.ótima resenha.Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria, obrigado pela presença. Sim, seria maravilhoso se todas as pessoas transformassem seus momentos, bons ou ruins, em poesia. O preço está muito acessível e a qualidade do livro é excelente.

      Excluir
  28. Não conhecia esse livro, gostei muito da resenha, me fez sentir um pouco dentro do livro mesmo sem ter lido ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Beatriz. Eu procuro proporcionar isso aos leitores, claro que diante de um envolvimento particular com a obra.

      Excluir
  29. Não conhecia esse Livro. Deve ser um livro bem forte, cheio de confissões de sentimento comoventes até seu fim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São poesias intensas e maravilhosas ao mesmo tempo. Ver o sentimento transformado em palavras é algo sublime.

      Excluir
  30. Como sempre tu faz uma resenha super explicativa, de forma que dá vontade de ler o livro, mostrar pedaços da obra faz com que possamos avaliar o conteúdo, e que pra mim parece ser excelente! Não conhecia a autora, gostei do livro!
    Bjs (•‿•) ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto muito de acompanhar os quotes nas resenhas e perceber o quanto eles mexem comigo, por isso procuro trazer trechos que mais me tocaram para que vocês também tenham essa experiência.

      Excluir
  31. Oi, tudo bem?

    Nunca tinha visto esse livro por aí. Voltei a ler um pouco de poesias agora com o lançamento "O que o sol faz com as flores", mas ainda preciso ler mais desse gênero. Infelizmente esse livro não me chamou a tenção, apesar de aparecer ser bem legal e ter uma mensagem bom bonita, o mesmo que o livro que estou lendo no momento. Mas, eu vou passar a dica dessa vez. Quem sabe eu mude de ideia mais pra frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dani. Que bom que voltou a ler poesias, não desista delas. Guarde o nome do livro e se tiver oportunidade, confira em outro momento. Obrigado pela visita.

      Excluir
  32. Oi... Já fui uma leitora voraz de poesias, mas confesso que faz muitos anos que não leio mais nada do genero... Não conhecia o livro, porem gostei da ideia e os trechos que você colocou ao longo do post instigou bastante minha curiosidade... Vou adicionar o livro a minha listinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline. Tomara que a poesia volte a fazer parte novamente de suas leituras. Que bom que gostou da sugestão. Obrigado pela visita.

      Excluir
  33. Olá, tudo bem? Eu não sou muito fã de livros de poema, mas esse até parece ser bom, talvez pelos temas que ele aborda. Não é algo que eu leria no momento, mas deixarei uma observação de pesquisa.

    Beijos,
    http://www.livroapaixonado.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Júlia. Cada autor expressa sua poesia de uma forma, tem muitos estilos. É legal conferir um pouco de cada um, pois com certeza, uma hora dessas vc se apaixona pela poesia.

      Excluir
  34. Sem palavras para o quanto eu amei saber da existência desse livro!
    Quero pra mim.

    http://juliamodelodemodelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente assim que me senti na primeira vez que o vi. Obrigado pela visita, Júlia.

      Excluir
  35. Olá,amigo!!
    Que resenha mais sensacional!!
    O livro chama muito atenção pela capa, que já nos mostra que a leitura será super intensa.
    Eu não conhecia a autora,mas tenho que dar os parabéns pra ela,por sua obra.Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente uma leitura maravilhosa e intensa. Eu já esperava coisa boa, mas fiquei ainda mais surpreso e apaixonado depois que li.

      Excluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.