slide-slick

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Como se tornar um escritor (Parte VIII) - Texto de Tiago F.C. Ramos


Objetivo Literário
(Texto do autor Tiago F.C. Ramos)


Senhoras e senhores leitores do blog, bem vindos ao tema que eu queria abordar.  O que é um objetivo literário?  Pode parecer simples, mas não é.  Quando se escreve um livro, seja qual for o tema, tudo o que colocamos nele precisa desse item que estamos abordando.

Sejamos simples:  tudo tem objetivo, função, fim (finalidade).  O objetivo literário de um item, pessoa ou seja lá o que for, deve estar ali para cumprir sua função, seu objetivo literário.  Nunca inclua um item que seja sem função.  Não diga que isso é óbvio, pois não é.  Caso concreto:  nem todos gostam de Dragon Ball, mas nesse mangá japonês aconteceu uma coisa bastante estranha.  Um dos personagens simplesmente sumiu da estória (guia dos curiosos: Lunch).  Quando perguntaram ao criador da série o motivo do sumiço, ele respondeu que simplesmente esqueceu dela.

O que isso significa? Se algo na sua estória não tiver um objetivo literário claro, mais tarde ele deixará de existir e deixará muita gente sem entender o motivo.  Isso não é GOT, onde todos morrem e você nem vê.  A dica é manter um roteiro claro e sempre disponível, além de definir claramente o que vai acontecer e o objetivo de cada item ou personagem.

Bons escritores tem boa memória, ou deveriam ter.

Uma novidade:  todo o curso de Como se Tornar Escritor já esta pronto.  No curso, temos um aprofundamento maior e mais dinâmico.  Em breve darei mais informações de como adquirir um exemplar. Ao adquirir um, você terá o suporte necessário que eu darei pessoalmente.

Outra novidade é que eu estou terminando o primeiro livro de uma nova saga futurista. Um romance que se passa em meio a dificuldades de uma galáxia que precisa de ajuda. K’ay – Academia já esta quase pronto. Veja como a jovem Lana Kay entra para as forças especiais que trarão a esperança para uma galáxia inteira.
*Todo conteúdo da coluna é de inteira responsabilidade do autor TCF Ramos.

Leia os outros posts da coluna:

Acesse o site do autor:  



 Contatos do autor: 

http://www.facebook.com/WixPortugues
Tel :    21 975 54 4388
          21 975 54 3558

tcframos@yahoo.com.br
 

20 comentários:

  1. Muito bem pensado. A Lunch teve um propósito mas nem os fãs nem o autor acharam necessário esse propósito existir na continuação da história, talvez por isso deixou de existir a Lunch e talvez por isso faça sentido simplesmente sumir com o personagem se ele nao contribuir mais para o enredo.

    Excelente dica, no entanto ;)


    umaquestaodeespaco.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Miguel, a informação levantada era de que o autor havia mesmo esquecido a personagem, porém, nunca saberemos se ele esqueceu mesmo ou se foi uma coisa pensada. Quase sempre ele muda de versão quanto a estória, mas vejo que você é informado. Os leitores do blog são muito bons. Obrigado Miguel, pelo comentário e volte sempre.

    ResponderExcluir
  3. Tiago!
    Gosto muito de vim observar suas dicas para quem pretende ser escritor.
    É verdade, tem de ser um objetivo claro na escrita, caso contrário, toda obra ficará perdida.
    Desejo uma semana repleta de realizações!
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Rudymila, tentei participar do sorteio, mas é bem concorrido. Passem no blog dela e vejam as promoções e sorteios. Obrigado Rudymila.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Tiago. Tudo bem?
    Como sempre, mais uma dica muito boa. Como você disse, parece algo simples, mas não é e é um ponto que merece atenção do escritor. Muito bom saber das outras novidades também. Fiquei bem curioso para saber mais sobre o romance que está terminando. Espero poder lê-lo em breve.
    Abraço e sucesso!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leandro sempre aqui. Tem coisa boa vindo por aí.

      Excluir
  6. É sempre bom aprender mais um pouco daquilo que se gosta, se tornar um escritor requer muita atenção, o escritor precisa ter sempre um foco principal na leitura, dica preciosa, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo alguns escritores famosos cometeram erros assim. Aprendendo com os mestres. Lucimar, obrigado por ter comentado.

      Excluir
  7. Que bacana, olha é muito importante isso de se manter o foco, vc pode deixar de escrever algo importante e que fará falta e os leitores vão querer saber o que houve! Apreciando as dicas aqui, para quem gosta é um post precioso e informativo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vany, o escritor(a) deve ter muita atenção mesmo. Obrigado por prestigiar nossa coluna.

      Excluir
  8. Oi, esses dias eu estava procurando algumas dicas de como escrever um livro, e agora Caio aqui no seu blog com essa super dica do objetivo literário, que eu gostei muito de saber e é muito importante mesmo que todos os personagens tenham uma função para não ser esquecido e também o livro ficará mais completo.

    Bjs!
    http://fabiisanto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Fabii, fico muito feliz por saber que gostou. Volte sempre.

      Excluir
  9. Meu objetivo é escrever um livro da minha própria história.Eu tenho que aprender muitas coisas, mas este post muito explicativo me mostrou a importância de escrever um livro para não acabar no esquecimento,Errar faz parte da vida e é do ser humano, porém é preciso melhorar sempre.Quando se tornamos um escritor eles são mais cobrados as pessoas não perdoar nada, obrigado por compartilhar .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja livre para escrever. Criar algo assim é tão bom! Eu que agradeço por comentar.

      Excluir
  10. Olá Tiago, gostei de conhecer seu blog e sobre o tema que vc levantou hj, ainda não tenho esse objetivo de escrever, mas a filha tem e vou passar para ela ler suas dicas. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu você disse "ainda". Quem sabe não teremos suas estórias por ai e da sua filha? Seria maravilhoso. Muito obrigado por comentar.

      Excluir
  11. Homem do céu, o que disseste no post é o fato dos fatos: "Bons escritores tem boa memória, ou deveriam ter.", e vi que citaste GOT mas até os que morrem não esquecido, George Martin tem uma memória tão instigante que fico abismada em quanto a morte de Ned ou do Drogo ficam fortemente presentes na mente do leitor mesmo este estando a finalizar A Dança dos Dragões. Cara, amei as colunas de como se tornar um escritor, mega de utilidade pública sabia? Vou ate compartilhar no twitter, tem muita gente querendo começar a escrever que não tem ideia de como começar. Sucesso viu, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a memória dele parece infinita. Os personagens são tão bons que não esquecemos nem dos mortos. Obrigado por compartilhar e comentar.

      Excluir
  12. Estou acompanhando e até agora as dicas foram muito boas.

    Vendo as próximas...

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Bacana o post! E sobre o Dragon Ball, acho que muitos autores se inspiraram no autor de Dragon Bal, já que vi em muitos livros que li, personagens desaparecerem também. Legal as dicas que vc dá, super interessante!
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua mensagem, é muito bom saber sua opinião.